Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 31/10/2017 - 10h41
Postado em Clima, Destaques, Feijão, Grãos, Milho, Soja

31/10/2017 10h41 - Postado em Clima, Destaques, Feijão, Grãos, Milho, Soja

Volume de chuva no PR diminui no mês de novembro

Após estiagem de 40 dias, plantio avança em ritmo acelerado e supera índice da temporada passada. Volume de pluviosidade reduz em novembro

epois de atrasos e incertezas por conta dos 40 dias de seca em diversas regiões do Estado, a safra de verão paranaense entrou, nos trilhos. O último levantamento do Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab), divulgado no dia 26 de outubro, aponta para normalidade no plantio da soja e milho.

O avanço significativo na semeadura da oleaginosa, a ponto de superar o índice da temporada passada, só foi possível com as chuvas que, após longa estiagem, cobriram o solo. Dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) mostram chuvas acima da média para o mês em diversas cidades do Estado.

Segundo o relatório do Deral, 66% dos 5,4 milhões de hectares previstos já estão semeados, seis pontos porcentuais a mais em relação a mesma época do ano passado. Regiões como Oeste, Norte e Sudeste praticamente encerraram o trabalho. Os Campos Gerais, que tradicionalmente plantam por último, ainda precisam semear mais da metade da área estimada. “O Paraná é bem mecanizado, o que permite plantar em um curto espaço de tempo. Bastou restabelecer a umidade do solo para o plantio deslanchar. A quantidade de área é ótima, e mantemos a expectativa muito boa em relação à safra”, aponta Marcelo Garrido, economista do Deral. “O plantio encerrou dia 15 [de outubro] no município, com excelente visual das lavouras, com vigor muito bom”, comemora José Carlos Colombari, presidente do Sindicato Rural de São Miguel do Iguaçu, no Oeste.

Leia mais sobre o clima aqui.

Título da Postagem: Volume de chuva no PR diminui no mês de novembro

imprensa@faep.com.br