Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 20/08/2013 - 12h00
Postado em Notícias

20/08/2013 12h00 - Postado em Notícias

Vendas de fertilizantes cresceram 14,2% em julho

As entregas das misturadoras de fertilizantes que atuam no Brasil aos consumidores finais totalizaram 2,996 milhões de toneladas em julho, de acordo com levantamento realizado pela Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda). Em relação ao mesmo mês de 2012 – ano em que as vendas domésticas do insumo bateram recorde no país -, houve […]

As entregas das misturadoras de fertilizantes que atuam no Brasil aos consumidores finais totalizaram 2,996 milhões de toneladas em julho, de acordo com levantamento realizado pela Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda). Em relação ao mesmo mês de 2012 – ano em que as vendas domésticas do insumo bateram recorde no país -, houve um crescimento de 14,2%.

Com o resultado, nos primeiros sete meses deste ano as entregas somaram 15,146 milhões de toneladas, 5,5% mais que em igual intervalo do ano passado. No período, o Estado de Mato Grosso permaneceu na liderança das entregas, com 3,104 milhões de toneladas. Em seguida vieram São Paulo, com 2,08 milhões de toneladas, e Paraná, com 2,056 milhões.

Na divisão dos principais nutrientes para a produção do insumo, os fertilizantes nitrogenados registraram vendas de 1,755 milhão de toneladas de janeiro a julho, 7,9% acima do volume registrado nos primeiros sete meses de 2012. O aumento refletiu a firme demanda por parte dos produtores culturas de inverno como o milho safrinha e o trigo e o início das entregas para a cobertura de cana-de-açúcar, de acordo com informações da Anda.

Já as vendas de adubos fosfatados registraram alta de 2,8% na comparação, para 2,19 milhões de toneladas. Neste caso, o crescimento foi motivado pela intensificação das entregas para a soja e o milho que serão plantados na safra 2013/14, cuja semeadura terá início em meados de setembro.

Nos nutrientes derivados do potássio, o incremento foi de 3,4%, para 2,385 milhões de toneladas, com destaque para as vendas para safrinha de milho no inverno e para o plantio de grãos no verão. Conforme os dados da Anda, tanto a produção nacional quanto as importações de fertilizantes recuaram em julho. Mas, nos primeiros sete meses de 2013, as importações subiram 13,2% em relação ao mesmo intervalo de 2012, para 11,802 milhões de toneladas, e a produção nacional cresceu apenas 1,5%, para 5,438 milhões. (CF)

Valor Econômico

imprensa@faep.com.br