Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 08/10/2012 - 12h00
Postado em Notícias

08/10/2012 12h00 - Postado em Notícias

Valor das vendas do complexo soja sobe 15,8% até setembro

As exportações brasileiras agropecuárias aumentaram 0,5% entre janeiro e setembro deste ano em relação aos mesmos meses de 2011, alcançando US$ 71,25 bilhões e saldo comercial de US$ 59,22 bilhões, ante US$ 58,05 bilhões do ano anterior. O complexo soja foi o principal responsável pela elevação, apresentando alta de 15,8% no período. As vendas desse […]

As exportações brasileiras agropecuárias aumentaram 0,5% entre janeiro e setembro deste ano em relação aos mesmos meses de 2011, alcançando US$ 71,25 bilhões e saldo comercial de US$ 59,22 bilhões, ante US$ 58,05 bilhões do ano anterior. O complexo soja foi o principal responsável pela elevação, apresentando alta de 15,8% no período. As vendas desse setor chegaram a US$ 23,19 bilhões ou 32,5% do total exportado pelo agronegócio.

O preço médio das exportações da soja em grão apresentou alta de 6,4%, e do farelo de soja, 7,5%. O único produto do complexo que teve retração de preço foi o óleo, com queda de 5,1%.

O segundo lugar em vendas foi o setor de carnes, que acumulou US$ 11,41 bilhões até setembro, mas com queda de 1,3% sobre o mesmo período do ano passado. A explicação é a queda do preço da tonelada, de 4,9%, pois a quantidade exportada aumentou 3,9%. A bovina foi a que apresentou a maior elevação, de 5% no valor e 9,8% no quantum embarcado. Em seguida, a suína registrou expansão de 1,8% no valor e 8,9% na quantidade, enquanto a de frango teve queda de 5,9% no valor e alta de 1,2% em relação ao volume.

Quanto ao complexo sucroalcooleiro, terceiro em valor de negócios, destaque para o álcool, que registrou incremento tanto na quantidade embarcada quanto no preço médio de venda de 42,6% e 2,5%, respectivamente, resultando no montante 46,2% superior de US$ 1,33 bilhão. Outros dois destaques positivos em valor foram as vendas de milho, com alta de 43,6%, e de algodão, com elevação de 76,8%.

A Ásia foi o principal destino dos produtos brasileiros até setembro, atingindo US$ 26,76 bilhões ou uma participação de 37,6% de todo valor exportado pelo Brasil. Entre os países, a China aumentou seu market share de 18,8% para 22,3% de todo valor exportado pelo Brasil em produtos do agronegócio, com a expansão de 18,9%. Outros países que aumentaram as aquisições foram o Egito (+34,5%), Coréia do Sul (+31,7%), Tailândia (+30,9%), Hong Kong (+10,2%), Reino Unido (+6,2%), Bélgica (+4,4%) e Estados Unidos (+3,3%).

A balança comercial do agronegócio foi elaborada pela Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a partir dos dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC).

As exportações brasileiras do agronegócio registraram recorde em 2011, somando US$ 94,59 bilhões, valor 24% superior ao alcançado em 2010 (de US$ 76,4 bilhões). A meta do Ministério da Agricultura este ano é de ultrapassar US$ 100 bilhões, com estimativa de 5,7% de crescimento.

DCI – São Paulo/SP – AGRONEGÓCIOS

imprensa@faep.com.br