Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 14/07/2014 - 11h56
Postado em Sem categoria

14/07/2014 11h56 - Postado em Sem categoria

Usda eleva produção de soja nos EUA e preços despencam

Estimativa de colheita responde à incremento de área plantada com soja nos Estados Unidos, anunciado no final do mês passado

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) surpreendeu o mercado com uma produção de soja além do esperado no país. Em novo relatório de oferta e demanda mundial de grãos, divulgado na tarde desta sexta-feira (11), o órgão projetou a colheita norte-americana em 103,42 milhões de toneladas – 4,49 milhões de toneladas a mais que a estimativa de junho passado e 400 mil toneladas acima do número antecipado pelos traders na última semana. O número atual é resultado da ampliação da área plantada com a oleaginosa. No final de junho, o Usda elevou em mais de 1,3 milhão de hectares sua projeção de terreno cultivado, para 34,31 milhões de hectares, ante 32,9 milhões de hectares.

Apesar de os números virem praticamente em linha com as expectativas dos analistas, as cotações negociadas na Bolsa de Chicago (CBOT) despencaram ainda mais logo após a publicação do documento. Isso porque houve forte incremento nos estoques finais da safra 2014/15 nos Estados Unidos. Se a produção for confirmada, o país terminará o ciclo com 7,4 milhões de toneladas a mais em relação às reservas do final da temporada anterior, quando 3,81 milhões de toneladas ficaram em estoque. Agora, a previsão é que sobrem mais de 11 milhões de toneladas de soja.

Os preços da commodity, que já vinham em queda desde o começo da semana, caíram ainda mais. Os contratos referentes à colheita norte-americana eram negociados entre US$ 11 e US$ 12 por bushel (o equivalente a US$ 26 por saca). E os vencimentos referentes ao plantio na América do Sul são cotados a pouco mais de US$ 10,70 por bushel (US$ 24,18 por saca).

Milho
No quadro de oferta do milho, por outro lado, houve corte na estimativa de produção nos Estados Unidos. O Usda acredita que a colheita do cereal vai somar pouco mais de 352 milhões de toneladas, contra 353,97 milhões de toneladas apontadas em junho. A redução já era prevista e não foi suficiente para valorizar o grão na Bolsa de Chicago. Durante o pregão, o produto também registrava forque queda com o primeiro contrato sendo negociado a menos de US$ 4 por bushel (o equivalente a US$ 9,40 por saca de 60 kg).

Fonte: Gazeta do Povo – 11/07/2014

 

Título da Postagem: Usda eleva produção de soja nos EUA e preços despencam

imprensa@faep.com.br