Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 09/04/2015 - 17h38
Postado em Milho, Soja, Trigo

09/04/2015 17h38 - Postado em Milho, Soja, Trigo

USDA divulga relatório de oferta e demanda de abril

Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou nesta quinta-feira (09) relatório de estimativas para oferta e demanda mundial

Por: Tânia Moreira, economista do Departamento Técnico e Econômico da FAEP.

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou nesta quinta-feira (09) seu relatório de estimativas para oferta e demanda mundial. O relatório de hoje ainda se refere à safra 2014/15, que está praticamente concluída nos Estados Unidos, inclusive para exportações americanas, no caso da soja, e que segue em andamento, com a colheita praticamente concluída no Brasil, e ainda em andamento na Argentina.

Soja mantém estoques conforme esperado pelo mercado

tab1
Para a soja foram revisados: a) a produção mundial, com crescimento em função da Argentina, com produtividades elevadas; b) a demanda mundial, em função do aumento da demanda americana, com aumento da demanda pelo óleo de soja; c) as exportações mundiais; d) o estoque final americano e mundial.

Os números vieram dentro do esperado pelo mercado em relação à revisão dos estoques americanos, manutenção do estoque mundial e o aumento da produção na Argentina.

O intervalo de variação de preço projetado pelo USDA para temporada 2014/15 é de US$ 9,60 a US$ 10,60/bushel.
Os números do relatório de abril não marcam uma mudança significativa no quadro de oferta e demanda da safra 2014/15. O quadro continua sendo de colheitas recordes, com estoques elevados e com previsão de novos recordes de produção na safra 2015/16, segundo projeções do USDA.

Após a publicação do relatório do USDA o contrato de maio oscilava em campo negativo na CBOT perdendo 1,85% com valor de US$ 9,53/bushel.
Milho tem estoques finais mundiais acima do esperado pelo mercado

tab2
Para o milho os estoques finais foram revisados para 188,46 milhões de toneladas, acima do mês anterior e acima das expectativas do mercado que esperava um estoque em torno de 187 milhões de toneladas. No entanto, o estoque americano, cresceu, mas acabou apresentando um número abaixo das expectativas do mercado, que eram de até 47,01 milhões de toneladas.

A produção mundial cresceu, com aumento da produção na Argentina, com base em elevados rendimentos para colheita precoce, com isso a previsão para exportação aumentou.

O clima segue em atenção para o milho, sendo uma variável de suporte para os preços, no caso de haver algum atraso no plantio, o que se reflete, ao contrário na soja.

O intervalo de preços projetado pelo USDA é entre US$ 3,55 a US$ 3,85/bushel.

Após a divulgação o contrato de maio havia perdido 1,25% fechando em US$ 3,78/bushel.

 

Trigo: mesmo com estoques caindo mais que o esperado, preço recua por aumento de produção

tab3
Para o trigo apesar da queda nos estoques mundiais e americanos, com cortes acima do que era esperado pelo mercado, o preço recuou no fechamento da Bolsa de Chicago, dado um aumento para a produção mundial, especialmente na produção da União Europeia.

O contrato de maio perdeu cerca de 1,38% fechando em US$ 5,18/bushel.

Tags:, , , , ,

Título da Postagem: USDA divulga relatório de oferta e demanda de abril

imprensa@faep.com.br