Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 18/05/2016 - 10h12
Postado em Clima, Destaques

18/05/2016 10h12 - Postado em Clima, Destaques

Temperatura cai no Paraná, mas sem registro de geada

Tempo seco prevalece no estado durante a semana e as temperaturas baixam novamente

Depois das chuvas que atingiram boa parte do Paraná até a última segunda-feira (16), o tempo seco prevalece no estado durante a semana e as temperaturas baixam novamente. De acordo com o Simepar, os termômetros registraram 2,5°C em General Carneiro, no sul do estado.

Segundo o meteorologista Reinaldo Kneib, a previsão para a semana é de mais frio, com risco de formação de geada fraca em alguns pontos, especialmente entre o sudoeste, centro-sul, Campos Gerais e parte da Região Metropolitana de Curitiba. “Na quarta-feira (18) deve diminuir em torno de 1° C ou 2° C em relação às temperaturas de terça. Na capital deve fazer 5° C e, em General Carneiro, pode ficar em torno de zero ou até negativo”, diz. Mas para o meteorologista da Somar, Marco Antonio dos Santos, apesar do declínio acentuado das temperaturas, “não há riscos para ocorrência de formação de geadas”.

Em Cornélio Procópio, conforme o informativo diário do Departamento de Economia Rural (Deral), o dia amanheceu com céu claro e declínio nas temperaturas. Em Francisco Beltrão, termômetro na casa dos 7° C e 4,1° C no Distrito de Entre Rios, no centro-sul.

Chuvas

Em Cornélio Procópio, a ocorrência de maiores volumes de chuva apenas segurou os danos já causados pela estiagem em abril nas lavouras de segunda safra de milho. Em Cascavel, a maior área de cultivo está com o desenvolvimento mais adiantado, porém praticamente toda a área ainda suscetível a formação de gelo. A colheita das primeiras áreas ainda é insignificante e a previsão de produtividade final é de 100 sacas por hectare, em média.

De acordo com o Deral, até segunda-feira (16), 16% do cereal estava em floração, 58% em frutificação e 23% em maturação. A condição da maioria das lavouras ainda é considerada boa, com apenas 3% em condições ruins e 22% das lavouras em condições regulares. A expectativa de produção reduziu de 12,9 milhões de toneladas para 12,4 milhões devido a ocorrência de estiagem durante o mês de abril.

Fonte: Gazeta do Povo

Título da Postagem: Temperatura cai no Paraná, mas sem registro de geada

imprensa@faep.com.br