Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 25/09/2014 - 10h48
Postado em Agronegócios

25/09/2014 10h48 - Postado em Agronegócios

SENAR-PR promove seminários Agricultura de Precisão

Ampliar o uso das tecnologias e ferramentas utilizadas na Agricultura de Precisão (AP) é um desafio do agronegócio brasileiro

Com a intenção de orientar os produtores rurais sobre as vantagens do uso da Agricultura de Precisão (AP), o SENAR-PR promove o seminário itinerante “Seminários Agricultura de Precisão”. São cinco encontros realizados em setembro e outubro em todas as regiões do Paraná (Londrina, Maringá, Ponta Grossa, Guarapuava e Toledo). O objetivo é mostrar o que é a AP, as vantagens econômicas para quem produz, a gestão das lavouras, as ferramentas envolvidas nessa tecnologia, além das técnicas atuais e as perspectivas da AP.

“A AP e a utilização dessas tecnologias e ferramentas podem otimizar a produção, por meio do uso racional de insumos, aumentando a produtividade. Mostraremos as vantagens, como o aumento da competitividade do produtor”, observa o professor doutor e Ph.D em AP, José Paulo Molin, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq- USP), que ministra as palestras. Segundo ele, as práticas podem ser conduzidas em diferentes objetivos: “Quanto mais dados, mais consistente é a informação gerada e o consequente diagnóstico referente à variabilidade existente nas lavouras”.

De acordo com Molin, a adoção dessas técnicas avança rapidamente, em especial a amostragem de solo para aplicação localizada de insumos e o uso de piloto automático em tratores, colhedoras e pulverizadores. Na avaliação dele, o grande gargalo da AP é a falta de conhecimento: “Há uma ausência de informação em todas as esferas da cadeia produtiva e tem muita gente fazendo a AP de uma forma errada”.

Apesar disso, segundo Molin, o segmento comercial da AP já está estabelecido no Brasil e as perspectivas só vão crescer no futuro. “É uma seleção natural e o agricultor que não se adequar vai ficar fora do mercado, porque perderá quando o assunto for eficiência na produção”, analisou. A AP é relativamente nova por aqui. Molin conta que a tecnologia ganhou espaço por volta de 1996, mas só começou a ser utilizada em 2002.

Confira a agenda completa com locais e horários dos seminários:

ATT00416

Fonte: Sistema FAEP

Título da Postagem: SENAR-PR promove seminários Agricultura de Precisão

imprensa@faep.com.br