Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 27/09/2013 - 12h00
Postado em Pecuária de Leite, Senar - PR

27/09/2013 12h00 - Postado em Pecuária de Leite, Senar - PR

SENAR-PR + Laticínios + Produtores = Leite Legal

Um programa de qualidade e para colocar dinheiro no bolso

A produção de leite no país deve seguir as exigências legais da Instrução Normativa nº 62/2011 (IN 62) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Há produtores, na maioria pequenos, que enfrentam dificuldades em atender essas condições e eles são os principais alvos do SENAR-PR  através do Programa Leite Legal.

Um dos diferenciais do programa é o envolvimento e participação dos laticínios, responsáveis pela indicação dos produtores que irão participar do curso de 16 horas. Além das aulas teóricas o produtor receberá uma visita técnica do instrutor na sua propriedade e nesse encontro será feito uma checagem da produção leiteira.

“Nessa visita o produtor terá condições de visualizar seus pontos de melhoria na produção do leite. Com certeza uma oportunidade diferenciada que vai permitir que ele planeje ações para adequar seu processo obtendo mais qualidade e consequentemente um acréscimo de receita com o pagamento diferenciado”, analisa o médico veterinário e técnico do SENAR-PR, Alexandre Lobo Blanco.

Os laticínios se compromete também a repassar as informações dos três últimos exames de amostras de cada produtor ao SENAR-PR feitas antes do curso. As informações servirão para comparar o desempenho do produtor, após 90 dias, com os resultados de novas amostras feitas após as aulas.

Os laticínios participantes também se comprometem a remunerar o produtor pela qualidade do leite. “O envolvimento dos laticínios e o pagamento por qualidade são essenciais para o sucesso do programa. O pagamento diferenciado permite que o produtor faça um planejamento e invista em soluções para melhorar sua produção”, comenta Blanco.

Os dados de qualidade do leite que serão repassados são: CBT (contagem bacteriana total), CCS (contagem de células somáticas), teor de proteína total e teor de gordura total referentes ao volume da produção mensal e preço pago por litro aos produtores participantes. Esse repasse deverá ser autorizado pelos produtores participantes e terá caráter sigiloso, sendo trabalhadas somente para a obtenção de médias e sem identificação de produtor ou indústria.

Confira a matéria completa aqui

Título da Postagem: SENAR-PR + Laticínios + Produtores = Leite Legal

imprensa@faep.com.br