Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 16/10/2013 - 12h00
Postado em Pecuária de Corte

16/10/2013 12h00 - Postado em Pecuária de Corte

“Renda” do frango cresce e já equivale à do boi

O valor da produção do frango representava 38% do registrado pelo boi em 2004. Esse percentual subiu para 58% em 2010 e terminará 2013 em 98%, quando atingirá R$ 48,3 bilhões. As estimativas são da AGE (Assessoria de Gestão Estratégica), ligada ao Ministério da Agricultura. O VBP (Valor Bruto da Produção) deste ano da agricultura […]

O valor da produção do frango representava 38% do registrado pelo boi em 2004. Esse percentual subiu para 58% em 2010 e terminará 2013 em 98%, quando atingirá R$ 48,3 bilhões.
As estimativas são da AGE (Assessoria de Gestão Estratégica), ligada ao Ministério da Agricultura. O VBP (Valor Bruto da Produção) deste ano da agricultura e da pecuária deverá somar R$ 417 bilhões, 10% mais do que no ano passado.

O coordenador-geral da AGE, José Garcia Gasques, estima que o valor total das lavouras deverá somar R$ 276 bilhões, enquanto o da pecuária (onde o Ministério da Agricultura inclui bovinos, frango, suínos, leite e ovos) atingirá R$ 141 bilhões.

Esse crescimento do setor de frango, que tem atualmente um VBP 125% superior ao de 2004, ocorreu devido ao forte crescimento das demandas interna e externa.

As indústrias do setor aproveitaram esse período de bons ventos e se adaptaram não só ao mercado interno como também ao externo.

O país ocupa hoje o posto de maior exportador mundial de carne de frango. As exportações de janeiro a setembro somaram US$ 2,7 bilhões, 149% mais do que as de carne bovina.
O setor de frango é de longe o de melhor desempenho nesse item classificado como pecuária pelo Ministério da Agricultura.

O segundo melhor é o de leite, que teve aumento de 92% no período, seguido dos de suínos e de ovos. Ambos subiram, em média, 66%. O menor crescimento ficou para o setor de bovinos, com evolução de 38% no período.

A boa evolução da pecuária coloca os paranaenses como um dos principais destaques na produção nacional. O Estado perdeu a liderança no setor de grãos para Mato Grosso, mas ainda figura entre os três principais do país na agricultura.

Os paranaenses têm também boa participação nos setores de suínos e de frango, o que deverá elevar o Valor Bruto de Produção do Estado para R$ 49 bilhões neste ano, 12% do valor nacional.

Nas lavouras, o destaque nacional fica para a recuperação da citricultura, que cresce 33%, atingindo valor total de R$ 19 bilhões.

Folha de São Paulo

Título da Postagem: “Renda” do frango cresce e já equivale à do boi

imprensa@faep.com.br