Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 12/06/2013 - 12h00
Postado em Notícias

12/06/2013 12h00 - Postado em Notícias

Relatório USDA – junho/2013

Soja - Safra 2013/2014: USDA estima queda de preço

Nesta quarta-feira (12), o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos – Usda, divulgou o relatório mensal de junho com o quadro de oferta e demanda mundial das principais commodities agrícolas para a safra de 2013/2014. O relatório de junho não surpreendeu o mercado de soja.

A produção mundial de soja tem estimativa de 285,30 milhões de toneladas e estoques mundiais de 73,69 milhões de toneladas. O consumo mundial foi estimado em 270,15 milhões de toneladas. Para os Estados Unidos o USDA prevê produção de 92,26 milhões de toneladas, consumo de 49,38 milhões de toneladas e exportação de 39,46 milhões de toneladas.  A relação estoque/consumo norte-americano é de 14,6%.

Para o Brasil o Usda manteve a produção em 85,00 milhões de toneladas e o primeiro lugar como exportador mundial, com previsão de exportar 41,50 milhões de toneladas.  Já a Argentina deverá produzir na safra 2013/14 no entorno de 54,50 milhões de toneladas e exportações de 12,00 milhões de toneladas. Com esse aumento de produção projetado, o Usda prevê uma queda nos preços na safra 2013/2014, estimados entre US$ 21,49 a US$ 25,90 por saca contra os atuais US$ 33,96 por saca.

Já a produção mundial de soja na safra 2012/2013 foi reajustada para 267,61 milhões de toneladas. Estoques mundiais revistos para 61,21 milhões de toneladas. O relatório manteve a produção norte-americana em 82,06 milhões de toneladas e estoque final norte-americano de 3,39 milhões de toneladas. O relatório reajustou a produção brasileira em 82,00 milhões de toneladas e passou as exportações para 37,90 milhões de toneladas.  O Brasil ainda ocupa a primeira posição mundial de exportador de soja. A produção argentina de soja foi mantida em 51,00 milhões de toneladas e exportações reavaliadas para 7,8 milhões de toneladas.

MILHO: USDA REAJUSTA PRODUÇÂO MUNDIAL PARA 962,58 MILHÕES DE TONELADAS SAFRA 2013/2014

 O relatório reajustou a produção mundial na safra 2013/2014 para 962,58 milhões de toneladas, consumo mundial em 935,06 milhões de toneladas e estoques finais de 151,83 milhões de toneladas. Para os Estados Unidos reavaliou a produção para 355,74 milhões de toneladas, produtividade de 9.812 kg/hectare, consumo norte-americano de 293,38 milhões de toneladas, exportações de 33,02 milhões de toneladas e estoques finais de 49,52 milhões de toneladas. Vale ressaltar que o USDA não promoveu corte na área plantada dos Estados Unidos, apesar das ocorrências climáticas registradas. No caso do Brasil a produção estimada foi mantida em 72 milhões de toneladas e exportações de 18,00 milhões de toneladas.  Para a Argentina, o Usda projetou 27 milhões de toneladas.  Para a China o relatório manteve uma produção de 212,00 milhões de toneladas.

Na safra 2012/13 a produção mundial estimada em 855,72 milhões de toneladas, consumo mundial de 863,71 milhões de toneladas e estoques finais de 124,31 milhões de toneladas. O Usda manteve a produção norte-americana de milho em 273,83 milhões de toneladas e estoques finais de 19,54 milhões de toneladas. Para o Brasil, a produção indicada é de 77,00 milhões de toneladas, exportações de 21,50 milhões de toneladas. A estimativa da safra argentina é de 26,50 milhões de toneladas.

Gilda Matilde Bozza – Economista – DTE/FAEP

imprensa@faep.com.br