Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 22/07/2014 - 11h51
Postado em Grãos

22/07/2014 11h51 - Postado em Grãos

Queda no preço internacional dos grãos preocupa agricultores do PR

Colheita está acelerada e as lavouras tiveram bom desempenho. Oferta do mercado interno, mais queda nas exportações baixaram os preços

A colheita de milho está em ritmo acelerado no Paraná. Uma das regiões mais adiantadas é a de Cascavel, as lavouras tiveram bom desempenho, mas os agricultores reclamam do preço pago pelo grão.

Nos 140 hectares em que Zeca Zardo plantou milho, os pés não cresceram de maneira uniforme. Em metade da área, a colheita foi boa, já a outra parte deve render menos que o esperado.

Jurandir Lamb também está preocupado com a safra. Em 160 hectares, ele usou sementes mais resistentes, investiu alto na lavoura. Conseguiu uma produção 8% maior que a do ano passado, com média de 110, até 120 sacas por hectare, mas não comemora. “Com essa produção, o produtor hoje, se tiver que vender, só empata os preços”, diz.

O último levantamento da Secretaria de Agricultura do Estado revela que, das lavouras colhidas até agora, 91% são consideradas boas e 9% médias.

A grande oferta do mercado interno, somada à queda nas exportações, fizeram o preço do milho despencar. A saca valia R$ 25 um ano atrás, agora sai por R$ 18,50.

Outro produto que sofreu queda foi a soja. A saca de 60 quilos saia por R$ 60,50 um mês atrás. Agora, vale R$ 56, queda de 7,5% em plena entressafra.

O presidente da Cooperativa de Cascavel explica que a pressão nos preços tem relação com o mercado externo. O principal fator é a perspectiva de boa safra dos Estados Unidos. “Nós já tínhamos um mercado internacional recuperado, mais a colheita dos Estados Unidos, tudo isso trouxe repercussão nos preços aqui no mercado brasileiro”, explica Dilvo Grolli.

Fonte: Globo Rural – 22/07/2014

Tags:, , ,

Título da Postagem: Queda no preço internacional dos grãos preocupa agricultores do PR

imprensa@faep.com.br