Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 10/02/2015 - 09h46
Postado em Exportações

10/02/2015 09h46 - Postado em Exportações

Queda de preços afeta exportações do campo

De acordo com a Secretaria de Comércio Exterior (Secex) as importações do setor caíram 15,1% se comparadas com o mesmo período de 2014

Pressionadas pela queda de preços de commodities como a soja, as exportações brasileiras do agronegócio renderam US$ 5,644 bilhões em janeiro, 3,9% a menos que no mesmo mês de 2014, conforme dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex/Mdic) compilados pelo Ministério da Agricultura. Na comparação, as importações do setor caíram 15,1%, para US$ 1,242 bilhões, e com isso o superávit permaneceu praticamente estável em US$ 4,402 bilhões.

“Esse resultado negativo ocorreu, principalmente, pela queda generalizada dos preços médios de exportação dos principais produtos do agronegócio exportados pelo Brasil. Foram poucas as exceções, com destaque para a expansão de 50,5% nos preços de exportação do café em grão”, informou, em nota, o ministério. Mas os três grupos de produtos que lideraram as exportações apresentaram resultados menores que em janeiro de 2014. No caso das carnes, que lideraram a pauta, os embarques alcançaram US$ 1,032 bilhão, em queda de 18,9%. As vendas ao exterior de carne de frango caíram 14,2%, para US$ 485 milhões, enquanto as de carne bovina recuaram 23,4% e as de carne suína, 19,8%.

O segundo segmento do agronegócio que mais exportou em janeiro, o sucroalcooleiro, também registrou queda – de 5,6%, para US$ 925,6 milhões. No grupo formado por produtos florestais, as exportações chegaram a US$ 763,8 milhões, 11,2% menos que no mesmo mês de 2014. O segmento de lácteos também exportou menos: o recuo foi de 78%, para US$ 29,3 milhões. E no caso da soja e seus derivados (farelo e óleo), que tradicionalmente lideram os embarques do campo brasileiro, a retração foi de 10,9%, para US$ 521,7 milhões.

Alguns segmentos registraram desempenho positivo na mesma base de comparação: no de cereais, farinhas e preparações, houve aumentou de 18,5%, para quase US$ 750 milhões – o milho representou US$ 593 milhões do total, alta de 3,6%. Já o café teve forte incremento de 50,5%, para US$ 589 milhões.

Houve queda da receita das vendas para os três principais destinos dos produtos do agronegócio brasileiro. As vendas para os EUA somaram US$ 478,5 milhões em janeiro, 4,6% menos que no mesmo mês do ano passado. Contaminados pela soja, os embarques para a China caíram 13,4%, para US$ 377,2 milhões.

 

Fonte: Valor Econômico – 10/02/2015

Título da Postagem: Queda de preços afeta exportações do campo

imprensa@faep.com.br