Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 15/09/2017 - 09h12
Postado em Destaques, Notícias

15/09/2017 09h12 - Postado em Destaques, Notícias

Produtores rurais tomaram 13% dos recursos do Plano Safra 2017/18 até agora

Do total de R$ 188,4 bilhões oferecidos pelo governo no Plano Agrícola e Agropecuário da atual temporada, R$ 25 bilhões já foram contratados

Produtores rurais contrataram R$ 25 bilhões em crédito nos dois primeiros meses da safra 2017/2018, 13% do total de R$ 188,4 bilhões oferecidos pelo governo no Plano Agrícola e Agropecuário da atual temporada. A informação foi divulgada pela Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Ministério da Agricultura. No ano passado, 11% do valor oferecido no Plano Safra 2016/17 foi liberado entre julho e agosto. O valor também é 29% superior ao registrado em igual período de 2016.

“O desempenho do crédito rural na atual safra revela normalidade e aumento na demanda do produtor rural e de suas cooperativas por recursos para o financiamento da safra e investimentos para ampliação de sua capacidade produtiva”, disse em nota o secretário de Política Agrícola, Neri Geller. Segundo Geller, apesar do recuo dos preços agrícolas, há expectativa de sua recuperação a médio prazo.

De acordo com o relatório da liberação de recursos da safra 2017/2018, as instituições financeiras liberaram 132.422 contratos de crédito de custeio, comercialização e investimento, ante 110.763 operações de julho a agosto de 2016. Para custeio e comercialização, foram concedidos R$ 20,7 bilhões, 29% acima do valor de igual período de 2016; para investimentos, R$ 4,4 bilhões (+30% na comparação anual).

Já o volume destinado à industrialização diminuiu 32,5%, para R$ 234 milhões. Considerando apenas custeio, a Região Sul foi a que mais tomou crédito entre julho e agosto (35%), seguida do Sudeste (28%) e do Centro-Oeste (21%). Quanto a financiamento para comercialização, 55% foram para o Centro-Oeste, 26% para o Sul e 14% para o Sudeste; no caso dos investimentos, 38% dos recursos foram adquiridos pelo Sudeste, 22% pelo Centro-Oeste e 21% pelo Sul.

Com relação ao dinheiro para industrialização, o Sul absorveu 70% dos recursos, seguida pelo Norte (22%) e Centro-Oeste (5%). As contratações por Letra de Crédito do Agronegócio (LCA) atingiram R$ 5,3 bilhões, praticamente o dobro do liberado entre julho e agosto do ano passado, R$ 2,8 bilhões. O resultado decorre, segundo a secretaria, da maior emissão do título, criado para diversificar as fontes do crédito rural.

Do total contratado por LCA, R$ 2,2 bilhões se destinaram a operações de custeio, R$ 2,5 bilhões para comercialização, R$ 171 milhões para industrialização e R$ 390 milhões para investimentos.

Fonte: Revista Globo Rural.

Título da Postagem: Produtores rurais tomaram 13% dos recursos do Plano Safra 2017/18 até agora

imprensa@faep.com.br