Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 12/03/2015 - 10h46
Postado em Agronegócios

12/03/2015 10h46 - Postado em Agronegócios

Produtores participam da Semana de Campo sobre feijão e milho

Realizado em Ponta Grossa (PR), cerca de 1.400 agricultores conferiram pesquisas desenvolvidas em sete estações tecnológicas

Produtores e extensionistas rurais da cultura do feijão e milho participaram em Ponta Grossa (PR) da 6ª Semana de Campo sobre as Culturas de Milho e Feijão. Na ocasião, cerca de 1,4 mil agricultores que puderam ver de perto as pesquisas desenvolvidas em sete estações tecnológicas, de forma rotativa.

O evento parte do Projeto Grãos Centro-Sul de Feijão e Milho, foi coordenado pelo Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural do Paraná (Emater PR) em parceria com a Syngenta, Embrapa, Iapar e Fundação Terra.

Realizado na primeira semana de março, evento discutiu temas como agricultura sustentável, plantio direto, plantas para cobertura do solo, híbridos de milho, cultivares de feijão, controle de pragas, doenças e plantas invasoras, segurança do produtor e cuidados com o meio ambiente.

Outras questões também foram debatidas, como as questões relacionadas à boa prática na produção, com ênfase na “Campanha Plante Seu Futuro”, que é desenvolvida pelo Governo do Paraná, através da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento junto com vários órgãos e instituições parceiras.

A Campanha visa fortalecer ações permanentes de divulgação e capacitação de técnicos e agricultores em boas práticas agrícolas no campo com tecnologias já disponíveis.

Multiplicadores

O Projeto Grãos para o Centro-Sul foi criado com a finalidade de atender e profissionalizar agricultores familiares na produção do feijão e do milho, mostrando que o eles podem ter lucro com essas lavouras, tradicionais da agricultura familiar, buscando o aumento da produtividade e renda das famílias sem prejudicar o meio ambiente.

A divulgação de novas tecnologias entre os agricultores tem promovido a melhoria da qualidade dos produtos, tornou mais eficiente o uso da mão de obra familiar e aumentou a área cultivada com o sistema de plantio direto na palha, com reflexo positivo na fertilidade do solo e conservação dos recursos naturais.

Os produtores assistidos também estão fazendo o manejo correto dos agrotóxicos, o que resulta em mais segurança para quem produz e para quem consome os produtos.

Implantado em 43 municípios paranaenses neste ano de 2015 os técnicos estão trabalhando com 88 Unidades Demonstrativas da cultura do Feijão e 77 Unidades Demonstrativas do milho. A intenção é profissionalizar os produtores responsáveis por essas unidades e também outros dois mil agricultores que participam do projeto por meio dos grupos de resultados, com reuniões técnicas, práticas, cursos e dias de campo.

 
Fonte: Portal Brasil – 12/03/2015

Título da Postagem: Produtores participam da Semana de Campo sobre feijão e milho

imprensa@faep.com.br