Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 24/02/2016 - 09h29
Postado em Destaques

24/02/2016 09h29 - Postado em Destaques

Produtores de vinho do Paraná investem no plantio de uvas finas

Recém-criada, Associação dos Vitivinicultores do estado planeja capacitar agricultores familiares da região de Curitiba

Agricultores familiares da Região Metropolitana de Curitiba (RMC) começarão a se preparar neste ano, com ações de correção do solo, para cultivar uvas finas. A ação faz parte da estratégia da recém-criada Associação dos Vitivinicultores do Paraná (Vinopar) para fortalecer as vinícolas locais e tornar o vinho feito no estado uma referência em qualidade.

O principal objetivo da associação, que já conta com 13 produtores afiliados, é mostrar que o Paraná tem capacidade de produzir vinhos finos e espumantes com a tipicidade da nossa região. “Queremos mostrar que não é só o Rio Grande do Sul que produz vinhos finos. O objetivo é fazer o nosso estado ser fornecedor de matéria-prima para fabricação de vinhos e espumantes”, afirma o presidente da Vinopar, Giorgeo Zanlorenzi.

A pioneira no processo de fabricação de vinhos finos com uvas plantadas em terras paranaenses é a Vinícola Araucária, localizada na RMC. A propriedade foi uma das primeiras a integrar vinhedo e vinícola, processo que começou em 2007 e demandou um investimento de R$ 4 milhões.

A ideia partiu de um dos sócios, Renato Adur, que liderou o projeto de transformar parte da área da fazenda em um campo de cinco hectares onde são cultivadas uvas francesas e italianas. Para tocar o projeto, foram contratados dois enólogos do Rio Grande do Sul, um engenheiro ambiental e um engenheiro agrônomo.

Como esperado, a primeira safra, colhida em 2010, foi um fracasso. “Perdemos quase toda a plantação, porque as abelhas e outros insetos destruíram as nossas uvas. E isso foi de um dia para o outro”, conta Adur. Depois, eles instalaram telas de proteção no parreiral e foram investindo em tecnologia e pesquisas.

Com o investimento, o projeto vem apresentando resultados positivos e servindo de modelo para outros produtores do estado. A Vinícola Araucária produz, em média, 25 mil litros por ano de vinhos finos e espumantes. A propriedade tem capacidade para fabricar até 80 mil litros e, espera, a partir de 2017, ganhar escala.

Maior parte da uva usada na vinicultura local hoje é trazida de fora do estado
A grande maioria dos produtores de vinho do Paraná não tem vinhedos próprios e adquire uvas de outros estados. Alguns possuem plantação de frutas americanas que são destinadas a produção de vinhos coloniais. “O cultivo de uvas finas é uma exigência da evolução do próprio paladar do consumidor que está se acostumando a tomar vinhos finos e espumantes em diversas ocasiões do seu dia”, diz Giorgeo Zanlorenzi.

A Vinopar quer que agricultores familiares virem fornecedores das vinícolas do estado. Para isso, os associados vão começar a distribuir mudas e a ensinar a técnica para plantar uvas finas. A expectativa é que o projeto vingue em até três anos, tempo médio que demora para um parreiral se formar.

Fonte: Gazeta do Povo – 24/02/2016

Título da Postagem: Produtores de vinho do Paraná investem no plantio de uvas finas

imprensa@faep.com.br