Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 01/04/2014 - 12h04
Postado em Trigo

01/04/2014 12h04 - Postado em Trigo

Preço mínimo do trigo é reajustado abaixo do custo de produção

A notícia caiu como um balde de água fria para os triticultores que esperavam um valor mínimo de R$ 635,33 por tonelada para cobrir os custos de produção

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) divulgou, na última quinta-feira (27), as propostas de preços mínimos dos cereais de inverno, culturas regionais e laranja. O preço mínimo do trigo foi corrigido em 5%, de R$ 31,86 para R$ 33,45 a saca de 60 quilos. O valor corresponde a R$ 557,50 por tonelada para a classe Pão, tipo 1, na região Sul. A notícia caiu como um balde de água fria para os triticultores que esperavam um valor mínimo de R$ 635,33 por tonelada para cobrir os custos de produção.                                                                                  

Em novembro de 2013, a FAEP, o Sistema Ocepar e a Secretaria da Agricultura e Abastecimento (Seab), apresentaram uma proposta de políticas para o incentivo à produção nacional.                                                                                                                        

Posteriormente, diversas reuniões foram realizadas junto ao Mapa, Casa Civil e Ministério da Fazenda com a participação de instituições que representam a triticultura nacional, porém até o momento não foi oficializada a política para as culturas de inverno.                                                                                                                               

Mesmo os preços mínimos ainda não foram oficialmente publicados no Diário Oficial da União e a vigência dos preços mínimos depende da publicação das portarias do Mapa, cujo processo está em andamento.                                      

Clique abaixo e ouça a análise da economista Tânia Moreira, do Departamento Técnico Econômico (DTE) da FAEP.   

Título da Postagem: Preço mínimo do trigo é reajustado abaixo do custo de produção

imprensa@faep.com.br