Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 24/05/2017 - 13h15
Postado em Destaques, Feijão

24/05/2017 13h15 - Postado em Destaques, Feijão

Preço do feijão-carioca sobe 115% em um mês

Forte procura pelo grão e preocupação com possíveis prejuízos causados pelo clima são motivos para a alta

Os preços do feijão-carioca em São Paulo tiveram uma alta de 115% na comparação com o mês passado. De acordo com a consultoria Safras & Mercado, os preços passaram de R$ 157,50 para R$ 340 neste mês. Entre os principais motivos para essa expressiva alta estão a forte procura pelo grão e as preocupações com possíveis prejuízos, causados pelo clima.

O analista de mercado Jonathan Pinheiro, da Safras &Mercado, explica que nem mesmo o andamento da colheita da segunda safra conseguiu derrubar os preços. “Os últimos dados do Departamento de Economia Rural (Deral) indicaram um avanço dos trabalhos no campo em 32% no Paraná, que é o maior estado produtor. Mesmo assim, a entrada dessa grande safra não conseguiu reverter essa situação fora do comum.”

Segundo Pinheiro, a demanda por si só não seria capaz de forçar os preços do feijão para cima. O real fator para esta elevação foi a preocupação com o excesso de chuva na região Sul do Brasil. Em apenas duas semanas o preço do feijão-carioca no atacado em São Paulo subiu 30%, e a expectativa é que avence ainda mais, conforme os prejuízos forem se consolidando. “Só no Paraná, 16% das lavouras já estão em condições ruins”, explica.

Tempo
A previsão do tempo indica que as chuvas entre o Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina devem continuar até a próxima semana. De acordo com a meteorologista da Somar, Desirée Brandt, o nível de umidade no solo está entre 90% e 100% nessas regiões e qualquer chuva a mais pode prejudicar as lavouras.

Fonte: Canal Rural

Título da Postagem: Preço do feijão-carioca sobe 115% em um mês

imprensa@faep.com.br