Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 23/07/2021 - 14h11
Postado em Destaques, Notícias, Senar - PR

23/07/2021 14h11 - Postado em Destaques, Notícias, Senar - PR

Ponta Grossa inclui materiais do Agrinho nas aulas na TV

A partir de agosto, escolas municipais utilizarão recursos midiáticos e o personagem do programa na educação infantil e no ensino fundamental para 30 mil alunos

A pandemia do novo coronavírus reformulou a forma de ensinar. Com o fechamento das escolas, professores e alunos se viram diante de uma nova realidade da educação, com aulas online e uso de tecnologias digitais. Para ampliar o alcance das aulas remotas, o Paraná passou a transmitir videoaulas pela televisão.

Em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais, a TV Educativa tornou-se uma plataforma de ensino para os 30 mil alunos da rede municipal. Desde abril de 2020, a Secretaria de Educação do município mantém uma equipe de professores que se dedica exclusivamente à gravação de aulas de diversas disciplinas.

A novidade neste ano é que o Programa Agrinho, do Sistema FAEP/SENAR-PR, vai fazer parte da programação. Segundo Aparecida Castanho, coordenadora do programa na Secretaria de Educação de Ponta Grossa, a televisão é um importante meio de comunicação para atingir o maior número de alunos do município. “Quando assisti a live de apresentação do Agrinho 2021 e vi que poderíamos receber o material físico, eu logo pensei ‘não posso perder essa oportunidade de levar o Agrinho para a televisão’. Imediatamente comecei um trabalho de convencimento para levar para frente essa ideia”, conta.

Com a proposta encaminhada, Aparecida deu início ao planejamento das aulas junto à equipe pedagógica. O material do Agrinho será utilizado em todas as disciplinas para os alunos da educação infantil e ensino fundamental, por meio da transposição didática dos conteúdos. Além disso, as aulas transmitidas pela televisão também vão contar com recursos complementares, como vídeos, imagens, maquetes com bonecos, contação de histórias e a presença do personagem Agrinho. “Mandamos fazer o mascote para participar das aulas conosco. Vai ser muito bacana”, adianta.

Atualmente, as aulas da rede municipal de Ponta Grossa estão divididas em ensinos presencial integral, híbrido e remoto integral. Por isso, Aparecida destaca que a participação do Agrinho vai além da televisão. “Vamos fazer uma formação com professores e coordenadores pedagógicos depois que as aulas forem ao ar para que eles também estejam trabalhando o material pelo Google Meets [plataforma de comunicação por vídeo]”, afirma Aparecida.

A transmissão das aulas está prevista para iniciar em agosto, na volta das férias. Os vídeos também serão disponibilizados no Facebook e YouTube da TV Educativa de Ponta Grossa, logo após a exibição na televisão. O uso do material didático do Agrinho nas videoaulas será estendido até depois do concurso, cujo prazo para envio dos trabalhos termina em 15 de setembro. “A premiação é um incentivo, mas nosso foco é trabalhar com o Agrinho independentemente do concurso”, salienta Aparecida.

Para a professora, que trabalha com o Agrinho há 20 anos e atuou na estruturação do programa no município, essa é uma nova forma de levar conhecimento que precisa ser considerada. “Temos um compromisso ético com a educação e com o Agrinho. O ano passado foi desafiador e, apesar das dificuldades, tivemos condições de fazer um bom trabalho, bastante enriquecedor. Agora temos a oportunidade de fazer algo ainda melhor. Estou bastante confiante no nosso trabalho esse ano. Todo mundo está envolvido e é gratificante”, finaliza.

Título da Postagem: Ponta Grossa inclui materiais do Agrinho nas aulas na TV

imprensa@faep.com.br