Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 01/06/2016 - 11h21
Postado em Agronegócios, Destaques

01/06/2016 11h21 - Postado em Agronegócios, Destaques

PIB da agropecuária recua 0,3%

Após resultados positivos PIB do agronegócio recua por perdas de safra. Confira a análise da economista Tânia Moreira Alberti, do DTE

Por: Tânia Moreira Alberti – Economista do Departamento Técnico Econômico (DTE)

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou hoje o resultado do PIB no primeiro trimestre de 2016. O PIB apresentou queda de 0,3% no primeiro trimestre do ano, comparando ao quarto trimestre de 2015. Este foi o quinto resultado negativo consecutivo para o país. Nesta mesma comparação, o PIB da agropecuária brasileira apresentou recuo de 0,3%, após resultados anteriores positivos.

Na agropecuária, a queda do PIB é justificada pelas menores estimativas de produção para o milho, arroz, café, feijão, fumo, cana-de-açúcar, entre outros produtos, que foram prejudicados pela condição climática de um dos piores fenômenos El Nino dos últimos anos. A produção nacional de grãos é estimada com redução de 2,5% em relação à última safra, segundo levantamento da Companhia Nacional do Abastecimento (Conab) em maio.

O recuo da indústria foi de 1,2% e dos serviços 0,2%. Sob outra ótica, o consumo das famílias caiu 1,7%, pela quinta vez consecutiva, com um dos piores resultados da série histórica na comparação trimestral.  As exportações tiveram alta de 6,5% e o consumo do governo de 1,1%.

PIB CAI 5,4% EM RELAÇÃO AO ANO ANTERIOR

Na comparação com o primeiro trimestre de 2015, o PIB nacional recuou 5,4%, com o pior resultado desde 1996, início da série histórica do IBGE, após o pior desempenho em 2015. O PIB da agropecuária apresentou recuo de 3,7% na mesma comparação, indústria de 7,3%, serviços de 3,7%.

A agropecuária era a única atividade que vinha apresentando resultado positivo, sendo afetada pelas condições climáticas. Anteriormente, resultado negativo para o PIB havia sido registrado em 2012, com perdas de safra.

PERSPECTIVAS

De acordo com estimativas de mercado, a agropecuária brasileira deverá encerrar 2016 com variação positiva estimada entre 0,9 a 2,0%. As estimativas para o PIB nacional apontam para recuo maior que 3,0%, após recuo histórico em 2015 de 3,8%. Segundo as estimativas, por mais um ano, a agropecuária será a única atividade a apresentar desempenho positivo, se o clima assim permitir, devido ao receio da formação do La Ninã.

 

Título da Postagem: PIB da agropecuária recua 0,3%

imprensa@faep.com.br