Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 10/02/2020 - 08h57
Postado em Agronegócios, Destaques, Exportações, Notícias

10/02/2020 08h57 - Postado em Agronegócios, Destaques, Exportações, Notícias

Paraná se consolida em 3º lugar no ranking das exportações do agro

Aumento das exportações foi provocado, principalmente, pela maior demanda da China. Frango e suínos tiveram bons resultados

Em 2019, o Paraná consolidou a 3ª posição no ranking nacional das exportações agropecuárias, correspondendo a 13,02% do volume brasileiro, atrás apenas do Mato Grosso (17,22%) e São Paulo (15,63%). O agronegócio foi responsável por cerca de 77,6% das exportações do Paraná em 2019. Neste contexto, destaque positivo para a pecuária paranaenses.

“A pecuária paranaense experimentou, em 2019, um dos melhores anos de sua história. Entre os fatores, o aumento dos abates para atender o mercado internacional foi a tônica neste processo. Como consequência do aumento da exportação, houve escassez de proteína no mercado interno, o que impulsionou os preços, que, mais uma vez, alimentaram o aumento da produção”, aponta Luiz Eliezer Ferreira, técnico do Departamento Técnico Econômico (DTE) do Sistema FAEP/SENAR-PR

A produção avícola paranaense, por exemplo, superou as previsões otimistas do setor. O Estado encerrou o ano com recorde de abate de frangos, chegando a marca de 1,87 bilhão de cabeças. O número é 6,43% maior ao registrado em 2018, marcando o recorde para a produção em um ano. Os dados são do Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar). O Paraná ainda se manteve como principal exportador de carne de frango do País, com 38% do volume total.

“Conforme dados da Apinco [Associação Brasileira de Produtores de Pinto de Corte], o número de pintos de corte alojados aumentou 11,6% entre janeiro e novembro de 2019. Além disso, das 47 unidades brasileiras de abate habilitadas para exportar para a China, 14 são paranaenses. O Estado foi responsável por 50,4% do volume exportado para esse destino em 2019, um incremento de 75% no volume e 92,68% na receita, comparando com os valores de 2018”, destaca Mariana Assolari, técnica do Departamento Técnico (Detec) do Sistema FAEP/SENAR-PR.

As exportações de carne suína, matriz econômica em que o Paraná também é protagonista, geraram US$ 1,59 bilhão em receita no País em 2019, e registraram crescimento de 31,9% em relação a 2018.

Fonte: Agência Estadual de Notícias/Sistema FAEP

Título da Postagem: Paraná se consolida em 3º lugar no ranking das exportações do agro

imprensa@faep.com.br