Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 26/03/2013 - 12h00
Postado em Notícias

26/03/2013 12h00 - Postado em Notícias

PAP 2013/2014

Os principais pontos das propostas dos produtores do PR

Ao deixar a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Paraná no final da manhã desta terça feira n(26/3), o secretário de Política Agrícola do Mapa, Neri Geller, levava as dezenas de propostas de entidades e produtores rurais paranaenses ao PAP 2013/14.

Três, entre elas, causam  preocupações maiores aos produtores, como explanou Ágide Meneguette, presidente da FAEP, na reunião realizada  na SEAB. Num momento em que caminhões e porões de navios estão transformados em armazéns de soja e milho, afirmou Meneguette, "temos que elevar o financiamento para 18 ou 20 anos na questão de armazenagem, inclusive na propriedade".

Sobre o crédito, ele recordou que na abertura do Show Rural, em fevereiro, em Cascavel, a presidente Dilma Rousseff garantiu publicamente que não faltarão recursos para o plantio neste ano. "É o que esperamos", disse Meneguette. Ele também defendeu a liberação de recursos para erradicar a brucelose no Estado: "Nós precisamos olhar com carinho para essa questão e apresentar propostas à presidenta para ela possa fazer alguma coisa" e incentivos ao uso de tecnologia no campo, como a Agricultura de Precisão (AP).

O presidente da FAEP destacou ainda  a necessidade da ampliação do seguro rural. "Se não fosse o prêmio de equalização do seguro, tenho certeza que muitos produtores estariam endividados e algumas cooperativas de crédito também teriam dificuldades. A presidenta disse no ano passado que não faltariam recursos para a equalização do seguro e espero que sejam realmente liberados. Todo esse trabalho das instituições reflete as necessidades do nosso produtor rural".              

A exemplo do que ocorreu em anos passados, a presença do secretário Geller em Curitiba demonstra a importância  do documento preparado no Paraná e seu alcance no texto final do PAP 2013/14 a ser anunciado em maio próximo.

Foram meses de exaustivo trabalho consolidando o documento coordenado pela Federação da Agricultura do Estado do Paraná (FAEP), Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Ocepar), Seab e Associação Paranaense de Planejamento Agropecuário (Apepa), além das propostas de produtores, sindicatos, cooperativas, técnicos e entidades representativas do setor agropecuário.

Como lembrou o secretário de Agricultura paranaense, Norberto Ortigara, o  Paraná tem uma longa tradição de união das suas entidades com o objetivo de contribuir para que o plano safra "poroporcione aos produtores garantia de custeio de qualidade, investimentos, infraestrutura, recursos ao seguro rural e investimentos de armazenagem".

Ouçao áudio

imprensa@faep.com.br