Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 11/04/2012 - 12h00
Postado em Notícias

11/04/2012 12h00 - Postado em Notícias

País planta mais em 2012, mas colheita será menor

Soja teve um dos piores desempenhos, com queda prevista de 9,72 milhões de toneladas

Apesar do aumento da área plantada, o Brasil deve registrar uma safra de grãos menor em 2012. De acordo com o levantamento divulgado ontem pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a produção nacional está estimada em 159,20 milhões de toneladas, redução de 2,2%, ou 3,63 milhões de toneladas, em relação à safra 2010/2011, quando foram produzidas 162,84 milhões de toneladas. A estimativa de área plantada está em 52,29 milhões de hectares, número 4,8% maior que a cultivada na safra 2010/11 – 49,89 milhões de hectares.

O recuo da produtividade ocorre em função da estiagem registrada no fim do ano passado e início deste ano, principalmente nas maiores regiões produtoras, como o Sul, parte do Sudeste e Mato Grosso do Sul. As condições climáticas não favoráveis afetaram mais as lavouras de milho e de soja, importantes commodities da safra brasileira. A maior redução ocorreu na soja – 9,72 milhões de toneladas.

O relatório do Depar­ta­men­to de Agricultura dos Estados Unidos, divulgado ontem, também trouxe previsões de queda na produção brasileira de soja. A estimativa americana reduz as safras de oleaginosa do Brasil e da Argentina. A produção brasileira de soja foi calculada em 66 milhões de toneladas. O relatório divulgado no mês passado previa uma produção de 68,5 milhões. No país vizinho, a colheita também foi reduzida e passou de 46,5 milhões para 45 milhões de toneladas.

Com os novos dados, houve queda na safra mundial de soja 2011/12 de 245,07 milhões de toneladas para 240,15 milhões de toneladas. Os estoques finais globais passaram de 57,30 milhões para 55,52 milhões de toneladas, equivalente a 30 dias de consumo.

Fonte: Gazeta do Povo Online

imprensa@faep.com.br