Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 09/02/2015 - 10h05
Postado em Sem categoria

09/02/2015 10h05 - Postado em Sem categoria

Organizando a cadeia produtiva da mandioca

O ano começou com a mobilização dos Sindicatos Rurais de Icaraíma e Cidade Gaúcha, que reuniram mais de 400 produtores de mandioca do Noroeste do Estado. Nos encontros, que aconteceram 07 e 21 de janeiro respectivamente, o tema foi a crise no setor causada pelos baixos preços pagos pela indústria devido ao excesso de produção. […]

O ano começou com a mobilização dos Sindicatos Rurais de Icaraíma e Cidade Gaúcha, que reuniram mais de 400 produtores de mandioca do Noroeste do Estado. Nos encontros, que aconteceram 07 e 21 de janeiro respectivamente, o tema foi a crise no setor causada pelos baixos preços pagos pela indústria devido ao excesso de produção. Em janeiro desse ano a cotação da tonelada de mandioca no Paraná bateu a casa dos R$ 199,00, 61% a menos do que o valor pago pela indústria em janeiro de 2014 –  R$515,00 (fonte Seab)

Uma pauta de reivindicações foi aprovada pelos participantes com os itens:

  • Melhoria no preço mínimo de garantia do governo federal que hoje é de R$ 0,32 por grama de amido;
  • Acordo com as indústrias para negociarem um preço mínimo que cubra os custos de produção, que hoje é de R$ 0,40 por grama de amido;
  • Prorrogação das dívidas junto às instituições financeiras e cooperativas;
  • Formação da Associação de Produtores de Mandioca ou reativação da já existente;
  • Redução da carga tributária sobre a indústria almejando a exportação.

A matéria completa você confere aqui

Título da Postagem: Organizando a cadeia produtiva da mandioca

imprensa@faep.com.br