Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 26/10/2015 - 09h38
Postado em Agrinho, Eventos

26/10/2015 09h38 - Postado em Agrinho, Eventos

O Campo e a Cidade Unidos Pela Nossa Energia

Confira o discurso do presidente do Sistema FAEP, Ágide Meneguette

O campo e a cidade unidos pela nossa energia. Este é o tema do Agrinho 2015 e tem vários significados.

Um deles é a interação entre cidade e campo no uso da energia e da água, tema extremante atual em face dos perigos que rondam tanto a geração de energia – seja pela escassez de projetos e da falta de pressão nas grandes barragens – como a de água, seja para consumo humano ou para a produção agropecuária, como estamos assistindo em várias regiões do país.

Assim, consumo responsável é a palavra de ordem.

Outro significado é a da imensa possibilidade de fontes alternativas de energia para evitar a nossa crucial dependência de combustíveis poluentes.

A água ainda é a melhor fonte de energia. Mas além dela, o sol e o vento, que começam a ser mais bem aproveitados em algumas partes do país.

E mais, a bioenergia, resultado do trabalho do campo na produção de insumos que permitem a sua transformação em energia, até pouco tempo atrás rejeitados.

A conscientização desta nova geração de jovens sobre os limites que impõem as tecnologias tradicionais na produção de energia e na utilização da água é uma preocupação que deve permear a formação de nossos estudantes.

O que o Programa Agrinho se propõe é a formação de novas gerações de paranaenses com consciência crítica e capacidade de ação quando chegar o momento delas assumirem o comando dos setores produtivos e de decisão.

O Agrinho faz parte de um elenco de programas que tem por finalidade melhorar a vida das pessoas através do desenvolvimento econômico e social.

A finalidade principal do SENAR é a formação profissional rural, com a qualificação de trabalhadores e produtores rurais para que desempenhem suas tarefas com produtividade e rentabilidade.
Para isso, o SENAR possui mais de 250 títulos de cursos, que abrangem a quase totalidade das atividades rurais.

Já passaram pelos cursos do Senar 967 mil trabalhadores e produtores, com a expedição de 1 milhão e 800 mil certificados.

Além das atividades normais de capacitação, o SENAR mantém programas importantes, como o Empreendedor Rural, em parceria com a Fetaep e com o Sebrae e pelo qual já passaram 21.500 trabalhadores e produtores, na sua grande maioria jovens, com preparo para elaboração e execução de projetos.

O Jovem Agricultor Aprendiz é outra iniciativa que beneficia filhos de trabalhadores e produtores rurais de 14 a 17 anos, que os prepara em gestão de propriedade e os encaminha para cursos de formação profissional. Até este ano, 51 mil jovens passaram pelo JAA, em cursos com mais de 240 horas.

O SENAR busca fazer uma ligação entre as crianças que saem do curso básico e os jovens que iniciam suas atividades no campo, passando pelo Programa Jovem Agricultor Aprendiz, com um programa chamado de Aprendizagem de Adolescentes e Jovens, com a finalidade de inicia-los na preparação futura de especialização em atividades ligadas ao agronegócio. Trata-se de uma iniciativa recente, mas que contabiliza mais de mil crianças e jovens.

Como veem, o SENAR procura encaminhar desde bem jovem o trabalhador e produtor para formar quadros bem preparados para as atividades do campo.

O Agrinho é para nós caso de amor, que vai além das nossas obrigações legais, porque lida com crianças em idade escolar e que precisam, além dos ensinamentos curriculares, de noções de saúde, higiene, cidadania, meio ambiente, para se tornarem cidadãos completos, cientes de seus direitos, mas também e principalmente, de suas obrigações sociais.

O Agrinho não seria o sucesso que é não fosse as parcerias com o governo do Estado, através das secretarias da Educação, Justiça, Meio Ambiente e Agricultura.

Das Prefeituras Municipais, através de suas secretarias de educação.

De parceiros como o Ministério Público do Trabalho, Ministério Público do Estado, Instituto de Previdência Social, Tribunal Regional do Trabalho do Paraná, Banco do Brasil, Itaipu Binacional e da empresa Dow Agrosciences.

Do esforço de nossos funcionários, técnicos e supervisores e de nossos sindicatos rurais.

A todos agradeço o empenho e o prestígio que nos oferecem.

Quero agradecer os diretores de escola pela notável ajuda e em particular a esses abnegados professores que fizeram do Agrinho um instrumento de apoio para o ensino de nossas crianças e jovens.

Meus agradecimentos aos deputados da Assembleia Legislativa, que aprovaram proposta do deputado Nereu Moura, congratulando-se com o Sistema FAEP/SENAR pelo Programa Agrinho que, na palavra do ilustre parlamentar, “contribui para o desenvolvimento de cidadãos mais conscientes e críticos”.

Agradeço a presença de todos, autoridades, professores, alunos e pais de alunos que atenderam ao nosso convite para compartilhar conosco este dia de alegria e de sucesso destas crianças e jovens.

Muito Obrigado.

Ágide Meneguette
Presidente do Sistema FAEP

Veja as fotos do evento Agrinho 2015 clicando aqui.

Título da Postagem: O Campo e a Cidade Unidos Pela Nossa Energia

imprensa@faep.com.br