Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 15/12/2017 - 08h45
Postado em Destaques, Faep

15/12/2017 08h45 - Postado em Destaques, Faep

NOTA DE REPÚDIO

FAEP pede providências em relação às invasões ilegais do MST na região de Guarapuava

A FAEP, entidade que representa os produtores rurais do Paraná, repudia veementemente as invasões violentas e ilegais de propriedades na região de Guarapuava, realizadas por integrantes do Movimento dos Sem Terra (MST) ocorridas nesta semana.

Após grande transtorno causado pelo bloqueio da PR 170, no trecho entre Guarapuava e Pinhão, no dia 13 de dezembro houve um acordo entre integrantes do MST para desocupação da rodovia. Na mesma data, após a saída da rodovia, o grupo de sem-terra invadiu áreas rurais na localidade de Fundão, em Reserva do Iguaçu, propriedade da Cooperativa Agrária, que estava arrendada para cooperados.

Na manhã desta quinta-feira (14), integrantes do MST renderam seguranças e invadiram a Fazenda Alecrim, de propriedade da Indústria Zattar, na cidade de Pinhão. Segundo relatos houve violência e troca de tiros nesta ação. A área em questão estava invadida há anos e no último dia 1º de dezembro foi feita reintegração de posse devolvendo a fazenda aos proprietários.

Segundo o presidente do Sindicato Rural de Guarapuava, Rodolfo Luiz Werneck Botelho, o clima na região é de tensão e insegurança. Diante desta situação de total desrespeito à lei, a FAEP pede providências à Secretaria Estadual de Segurança pública para que sejam tomadas as medidas cabíveis.

Tags:, , ,

Título da Postagem: NOTA DE REPÚDIO

imprensa@faep.com.br