Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 11/03/2013 - 12h00
Postado em Notícias

11/03/2013 12h00 - Postado em Notícias

Ministério planeja 18 mil ações de fiscalização de sementes em 2013

Com o intuito de estimular a utilização de sementes certificadas no Brasil, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento realiza ações de fiscalização contra a pirataria. Em 2012, foram 14 mil operações em todo o país. Para este ano estão previstas 18 mil ações de fiscalização. O trabalho no combate às irregularidades é intenso e […]

Com o intuito de estimular a utilização de sementes certificadas no Brasil, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento realiza ações de fiscalização contra a pirataria. Em 2012, foram 14 mil operações em todo o país. Para este ano estão previstas 18 mil ações de fiscalização.

O trabalho no combate às irregularidades é intenso e educativo. Estamos divulgando a legislação e treinando os responsáveis técnicos pela produção de sementes — disse o coordenador de Sementes e Mudas do Ministério, André Peralta.

Segundo o coordenador, o uso de sementes irregulares aumenta o risco de propagar pragas (insetos, fungos, vírus) e reduz a produtividade da lavoura. A prática também pode trazer um custo mais alto na produção e no uso de outros insumos, além de incentivar o contrabando de agrotóxicos e causar danos ao meio ambiente.

Produtividade e qualidade da produção estão relacionadas ao uso de sementes e mudas legais — explica ao ressaltar que com uma semente de qualidade e identidade comprovada se evita gastos na produção e no uso dos agroquímicos.

Semente certificada
A certificação é o processo que objetiva a produção com controle de qualidade em todas as suas etapas, incluindo o conhecimento da origem genética e o controle de gerações.

Fonte: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) – 11/03/2013

imprensa@faep.com.br