Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 22/04/2013 - 12h00
Postado em Notícias

22/04/2013 12h00 - Postado em Notícias

Milho mais barato

A semana começa com os preços do milho sob a pressão de previsões de safra de inverno ampliadas. O mercado trabalha com a possibilidade de revisão no estoque final (jan/fev 2014), estimado oficialmente em 16 milhões de toneladas, diante das novas estimativas que elevam a safrinha. A Safras & Mercado divulgou na sexta-feira projeção de […]

A semana começa com os preços do milho sob a pressão de previsões de safra de inverno ampliadas. O mercado trabalha com a possibilidade de revisão no estoque final (jan/fev 2014), estimado oficialmente em 16 milhões de toneladas, diante das novas estimativas que elevam a safrinha.

A Safras & Mercado divulgou na sexta-feira projeção de colheita acima de 41 milhões de toneladas. Para a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a colheita do cereal vai passar de 42 milhões de toneladas. O valor médio pago ao produtor está abaixo de R$ 20 por saca no Paraná, o que não ocorria desde julho do ano passado. Isso num momento em que a safrinha está em desenvolvimento.

As negociações desta segunda-feira começam com preços entre R$ 19 (Londrina) e R$ 23 (Ponta Grossa). Essas cotações estão cerca de 25% abaixo das praticadas em novembro, quando a safra de verão despontava.

As baixas da última semana também foram atribuídas a uma oferta maior que a esperada. Segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), houve uma queda de 2,2% na cotação paga ao produtor e de 3% nas negociações entre empresas.

Carga extra

5 milhões de toneladas de milho foram acrescentadas à previsão da safra de inverno da Conab desde janeiro.

Gazeta do Povo Online

imprensa@faep.com.br