Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 11/04/2012 - 12h00
Postado em Notícias

11/04/2012 12h00 - Postado em Notícias

MERCADO DE COMMODITIES

Por Gilda Bozza, economista da FAEP Nesta terça-feira (9), com a divulgação do relatório mensal do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos – USDA, os preços internacionais, , num primeiro momento reagiram positivamente. No caso da soja, com o corte da produção mundial de 245,07 para 240,15 milhões de toneladas e estoques finais caindo de […]

Por Gilda Bozza, economista da FAEP

Nesta terça-feira (9), com a divulgação do relatório mensal do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos – USDA, os preços internacionais, , num primeiro momento reagiram positivamente.

No caso da soja, com o corte da produção mundial de 245,07 para 240,15 milhões de toneladas e estoques finais caindo de 57,30 para 55,52 milhões de toneladas e as retificações na produção brasileira e argentina, para 66 milhões e 45 milhões de toneladas, respectivamente, os preços reagiram de imediato.

O preço futuro da soja chegou a bater 10 pontos de diferença, mas ao decorrer do dia, o movimento de realização de lucros por conta dos fundos, tomou conta do pregão. Com isso, o futuro maio/12 fechou cotado a US$ 31,43 por saca, correspondente a R$ 57,61 por saca. Uma queda mais acentuada foi atenuada pelo relatório do USDA.

No mercado do milho, o mercado aguardava cortes mas o relatório manteve as estimativas de estoque norte-americanos. O relatório efetuou corte nos estoques mundiais em 1 milhão de toneladas. O dia foi de queda, com maio/12 negociado a US$ 14,99 por saca, equivalente a R$ 27,47 por saca.

Já no mercado do trigo, o corte de 3 milhões de toneladas nos estoques mundiais não trouxe reação. Os preços operaram em baixa, com maio/12 fechando a US$ 13,79 por saca, correspondente a R$ 25,27 por saca.

No mercado paranaense, os preços apurados pela SEAB apontaram reação ao relatório do USDA, com média diária de R$ 51,73 por saca. Na praça de Maringá o preço médio alcançou R$ 56,00 por saca. Em Cascavel a cotação média foi de R$ 55,80 por saca. Para o milho, ligeira queda, com média de R$ 21,95 por saca. Para o trigo, o preço médio diário foi de R$ 25,01.

imprensa@faep.com.br