Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 25/07/2017 - 10h27
Postado em Destaques, Grãos

25/07/2017 10h27 - Postado em Destaques, Grãos

Mais cevada nos campos paranaenses

No Estado, área plantada com o cereal subiu de 41 mil hectares, em 2016, para 51 mil ha em 2017

Os agricultores do Paraná apostaram mais na cevada em 2017. A área plantada com o grão, conhecido por seu uso na fabricação de cerveja, subiu de 41 mil hectares (ha) no ano passado para 51 mil hectares no ciclo atual, o que representa uma variação de 24%. Apesar disso, o grão ainda é apenas o 4º na lista de maiores culturas de inverno no Paraná, atrás do trigo (1,1 milhão de ha), aveia preta (146,1 mil ha) e aveia branca (68,5 mil ha). Os dados são do Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento (Seab).

O técnico Metódio Groxco, do Deral, avalia que o fator qualidade é determinante para entender esse incremento na área cultivada de cevada no Estado. “No ano passado, tivemos a incidência de várias geadas e choveu na medida certa. Foi fantástico, como se fosse um clima ‘encomendado’. Isso se reverteu em produtividade altíssima e qualidade excelente dos grãos, que têm preço melhor que o trigo. Essa qualidade se reflete agora em aumento de área, é um movimento natural”, analisa.

De acordo com a última atualização do Deral, em 18 de julho, 99% da área de cevada já foi semeada. Até então, 84% das lavouras estavam em boas condições e 16% em médias condições de desenvolvimento. “Para esse ano, a expectativa é que o clima seja normal e que a produtividade seja um pouco menor do que no ano passado. O medo é que ocorram geadas em setembro, na fase em que não pode acontecer”, alerta Groxco.

Leia a matéria completa aqui.

 

Título da Postagem: Mais cevada nos campos paranaenses

imprensa@faep.com.br