Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 30/10/2012 - 12h00
Postado em Notícias

30/10/2012 12h00 - Postado em Notícias

Leilão de laranja exclui o Paraná

4,7 milhões. É a quantidade de caixas de laranja que foram comercializadas nos três leilões realizados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Apesar de ser um dos maiores produtores nacionais da fruta, Paraná ainda não recebeu apoio governamental. Embora integre a lista de estados prejudicados pela desvalorização da laranja, o Paraná ainda não foi autorizado […]

4,7 milhões. É a quantidade de caixas de laranja que foram comercializadas nos três leilões realizados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Apesar de ser um dos maiores produtores nacionais da fruta, Paraná ainda não recebeu apoio governamental.

Embora integre a lista de estados prejudicados pela desvalorização da laranja, o Paraná ainda não foi autorizado a participar do leilão de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro), promovido pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e que ajuda na remuneração dos produtores. A Federação da Agricultura do Paraná (FAEP), além de Secretaria Estadual da Agricultura e do Abastecimento (Seab) e outras diversas cooperativas enviaram um ofício à Brasília solicitando a entrada do estado. Até o momento, o pedido não foi acatado.

Na próxima quarta-feira o governo fará o quarto leilão em apoio ao comércio da fruta. Serão ofertados subsídios para 1 milhão de caixas e prêmio de R$ 3,39/cx ? maior valor ofertado desde o primeiro pregão ?, mas apenas os produtores de São Paulo e Minas Gerais poderão concorrer pelos recursos públicos. A Conab modificou a periodicidade de realização do mecanismo. Com o agravamento da situação e após diversos protestos do setor, os leilões passaram a ocorrer uma vez por semana. Com o excesso de oferta no Sudeste e queda das exportações nacionais, os preços da laranja despencaram no mercado interno.

Gazeta do Povo Online – Curitiba/PR

imprensa@faep.com.br