Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 21/12/2017 - 08h36
Postado em Clima, Destaques

21/12/2017 08h36 - Postado em Clima, Destaques

La Niña fraco traz verão com chuvas irregulares e calor dentro da média ao PR

Nova estação começa às 14h28 desta quinta-feira (21), mas não traz grandes surpresas ao Estado

O verão começa às 14h28 desta quinta-feira (21) e chega sem grandes surpresas ao Paraná. A previsão dos meteorologistas é de que a nova estação tenha precipitação irregular – com perfil bem distinto em cada uma das regiões – e calor dentro da média. As águas do Oceano Pacífico ligeiramente mais frias do que o normal indicam a chegada de um verão sob influência do La Niña. Normalmente, o fenômeno minimiza a frequência das pancadas nos Estados do Sul do país, mas, como tende a ser fraco, não deve deixar o tempo seco demais por aqui.

“É diferente de um La Niña ou um El Niño forte, que é bem marcante. Por isso, a gente prevê, a princípio, uma situação mais próxima da média”, resume o meteorologista Samuel Braun, do Simepar.

A normalidade das chuvas vale principalmente para a metade Sul do Estado, que inclui Curitiba, Região Metropolitana e o Litoral. As previsões indicam ainda das regiões Central à Norte, a probabilidade é que as chuvas acumuladas fiquem pouco abaixo da normal. Valores dentro da média de um verão implicam em bastante chuva , com mudanças rápidas nas condições de tempo e chegada repentina de tempestades, queda de granizo, ventos e raios. Os estudos indicam acúmulo de precipitação que variam entre 142 e 165 mm até fevereiro – número que pode dobrar nas praias. “No Litoral pode chegar a 300, 350 agora em janeiro”, destaca Braun.

Conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), embora fraco, o La Ninã também pode resultar em má distribuição das chuvas. Portanto, para este verão esperam-se precipitações de forte intensidade em períodos curtos de tempo intercalando com períodos de vários dias sem chuva.

Calor?

Ainda segundo o Inmet, os modelos de previsão também indicam temperaturas ligeiramente mais altas tanto para janeiro quanto para fevereiro e março. Em Curitiba, isso significa menos de meio grau acima da média de máximas, que varia entre 25°C e 26°C no trimestre. Já no Norte e Oeste do estado, o calor médio de 32 °C nesta época do ano deve ser mantido.

Fonte: Gazeta do Povo

Tags:, , ,

Título da Postagem: La Niña fraco traz verão com chuvas irregulares e calor dentro da média ao PR

imprensa@faep.com.br