Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 11/11/2015 - 09h14
Postado em Informes, Notícias

11/11/2015 09h14 - Postado em Informes, Notícias

Informe SOJA/MILHO/TRIGO – 10/11/2015

SOJA opera positivo aguardando USDA

Tânia Moreira |Economista do Departamento Téc. e Econômico da FAEP.

SOJA opera positivo aguardando USDA

Os futuros abriram o dia de estáveis a positivos na data de hoje na espera da publicação do relatório de oferta e demanda de novembro do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). Na data de ontem, os futuros fecharam mistos, com os contratos de vencimento mais próximo obtendo ganhos, com dados positivos das exportações americanas. Os contratos de vencimento mais longo registraram perdas na expectativa de reajustes positivos na produtividade, produção e estoques finais americanos para hoje.

A produção americana em outubro era estimada em 105,81 milhões de toneladas e o mercado espera que possa ser reajustada para algo em torno de 106,54 milhões de toneladas, refletindo varaiação positiva na produtividade. Atualmente o percentual colhido da safra 2015/16 é de 95%, segundo o USDA.

No Brasil, a Companhia Nacional do Abastecimento (CONAB) divulgou hoje seu 2º levantamento de grãos estimando que a produção nacional de soja na safra 2015/16 resulte entre 101,1 a 102,82 milhões de toneladas, com aumento de produção entre 5,1% a 6,8%. O percentual de plantio nacional é estimado em 27,5%, abaixo da média normal dos últimos anos de 40,8% segundo dados da consultoria Safras e Mercado.

Na Argentina, a Bolsa de Cereales, estima que área de plantio de soja reduza em torno de 1% em relação à safra passada, plantada em 19,8 milhões de hectares.

Hoje até às 10:30 o futuro de maio-2016 era cotado a ↑US$ 8,73 por bushel, com o câmbio a ↓R$ 3,7958.

Acompanhe o fechamento da segunda-feira:

 

tabela 1 informa

 

MILHO opera negativo na expectativa de aumento de produção

Os futuros do milho encerraram a segunda-feira no vermelho, por cinco sessões consecutivas, e abriram o dia do lado negativo. As expectativas para o relatório de hoje, apontam para aumento nos estoques finais americanos, aumento na produtividade de 168 bushles/acre, e aumento na produção. O percentual colhido atual é de 93%, segundo o USDA.

No Brasil, a CONAB reduziu ainda mais as perspectivas para produção do milho verão, variando entre a mínima de 26,5 milhões de toneladas e máxima de 28,1 milhões de toneladas.

Na Argentina, a Bolsa de Cereales, estima uma redução de área de 20% para a safra 2015/16 em relação à safra passada, plantada em 2,72 milhões de hectares.

Hoje até às 10:30 o futuro de maio-2016 era cotado a ↓US$ 3,81 por bushel.
Acompanhe o fechamento da segunda-feira:

 

tabela informa 2

 

 

Acesse as análises diárias da commodities no link: http://commodities.sistemafaep.org.br/ 

Tags:, , , ,

Título da Postagem: Informe SOJA/MILHO/TRIGO – 10/11/2015

imprensa@faep.com.br