Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 18/11/2015 - 10h44
Postado em Grãos, Informes, Soja

18/11/2015 10h44 - Postado em Grãos, Informes, Soja

Informe – SOJA – 18/11/2015

Confira a análise da economista Tânia Moreira, do DTE, sobre o mercado de soja nesta quarta-feira

Por: Tânia Moreira |Economista do DTE

A soja abre o dia positivo, após marcar a mínima na segunda-feira: os futuros de soja abriram o dia do lado positivo com o contrato de janeiro-2016 ganhando ↑0,37% cotado a ↑US$ 8,66 por bushel e o contrato de maio-2016 cotado a ↑US$ 8,73 por bushel.

O fechamento também foi positivo na data de ontem em um movimento de cobertura de posições vendidas, com o mercado apostando na baixa dos preços da soja, frente a uma colheita recorde nos Estados Unidos, perspectivas elevadas para produção na América do Sul, mudança de governo na Argentina, com perspectiva de mudanças nas tarifas de exportação. Para sutentação do preço da oleaginosa, seguem contribuindo o clima no Brasil, com atrasos no plantio, e a boa demanda, com relatórios de exportadores privados nos Estados Unidos.

No mercado interno, o preço médio recebido pelos produtores foi cotado a R$ 68,35 por saca, segundo a Secretaria da Agricultura e do Abastecimento (SEAB).

Acompanhe o fechamento de ontem:

1

Título da Postagem: Informe – SOJA – 18/11/2015

imprensa@faep.com.br