Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 06/11/2015 - 10h19
Postado em Informes, Soja

06/11/2015 10h19 - Postado em Informes, Soja

Informe – SOJA – 06/11/2015

Acompanhe a movimentação das commodities agrícolas no mercado internacional

Por: Tânia Moreira |Economista do Departamento Téc. e Econômico da FAEP.

SOJA abre o dia positivo, após perder mais de 2% na quinta-feira

Os futuros da soja abriram o dia do lado positivo nesta sexta-feira após encerrar com perdas maiores que 2,0% na data de ontem. O resultado negativo para exportações semanais americanas, abaixo das expectativas de mercado, e a força do dólar foram desfavoráveis para o preço da soja, bem como para o preço do petróleo.

O dólar subiu em relação a uma cesta de moedas em função da fala da presidente do Banco Central americano, Janet Yellen, favorável a alta da taxa de juros americana a partir de dezembro. Mas o Banco Central brasileiro interviu com leilões de venda do dólar, fazendo o câmbio recuar para R$ 3,7760.

As exportações americanas semanais de soja, que nas últimas semanas estavam surpreendendo, caíram 61% em relação a média das últimas quatro semanas, segundo o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). As exportações acumuladas da safra 2015/16 estão em ritmo inferior ao registrado no ano passado (-22%). O USDA considera projeções menores para exportação de soja americana 2015/16, mas os dados até agora mostram recuo acima do previsto.

Vendas mais vagarosas acontecem também no terceiro maior produtor mundial, a Argentina, por conta da expecativa de mudança de governo.

O mercado aguarda o relatório de oferta e demanda do USDA na próxima terça-feira, com expectativa de que a produtividade e a produção dos Estados Unidos sejam apontadas maiores que no relatório de outubro. Os estoques americanos também podem ser apontados com alta, passando os 11,56 milhões de toneladas para 11,83 milhões de toneladas.

No mercado interno, o preço médio semanal recebido pelo produtor foi cotado a R$ 69,49 por saca, segundo a Secretaria da Agricultura e do Abastecimento (SEAB), com percentual de plantio de 75% e de comercialização estimado em 31%.

Na data de hoje o futuro de maio-2016 era cotado a ↑US$ 8,75 por bushel, com o câmbio em ↑R$ 3,7881.

Acompanhe o fechamento da quinta-feira:

tab1

Acesse as análises diárias da commodities no link: http://commodities.sistemafaep.org.br/

Título da Postagem: Informe – SOJA – 06/11/2015

imprensa@faep.com.br