Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 04/11/2015 - 09h29
Postado em Informes, Soja

04/11/2015 09h29 - Postado em Informes, Soja

Informe – SOJA – 05/11/2015

Acompanhe a movimentação da soja no mercado internacional

Por: Tânia Moreira |Economista do Departamento Téc. e Econômico da FAEP.

SOJA abre o dia em queda sob perspectiva de ampla oferta global

Os futuros da soja encerraram a quarta-feira com altas, com o contrato de maio-2016 cotado a US$ 8,91 por bushel (↑0,56%). A alta foi motivada pelo relatório de exportações semanais americanas, mostrando alta de 19% nas exportações em relação a média das últimas quatro semanas, especialmente para a China, segundo o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

Nesta quinta-feira, os futuros abriram do lado negativo. O futuro de maio-2016 era cotado a ↓US$ 8,88 por bushel, com os investidores já olhando para o relatório de oferta e demanda do USDA de novembro, a ser divulgado na próxima terça-feira (11). A consultoria Informa estima ajustes na produção de soja e de milho, elevando-as em relação ao estimado em outubro.

A estimativa do USDA de outubro para a produção americana de soja 2015/16 era de 105,81 milhões de toneladas . As expectativas do mercado apontam para um número de até 107,55 milhões de toneladas na terça-feira, com aumento de produtividae de 52,9 para 53,6 sacas por hectare. A safra 2015/16 é o segundo recorde de produção americano na série histórica, com percentual colhido atual de 92%. As vendas são estimadas em 35%, em comparação a média normal de 60%, segundo sites americanos.

Do lado brasileiro, as expectivas apontam para uma colheita de 100,0 milhões de toneladas na safra 2015/16, que tem percentual de plantio atual de 30%, em relação a média de 40,8% do últimos anos, segundo a Safras e Mercado. Atrasos são relatados no Mato Grosso, Goiaís, Rio Grande do Sul, Minas Gerais. No Paraná, o percentual de plantio é estimado em 75%, segundo a Secretaria da Agricultura e do Abastecimento. O percentual comercializado nacional é estimado entre 38% a 40%, em relação a média de 30% dos últimos anos.

Acompanhe o fechamento de terça-feira:

tabY
Acesse as análises diárias da commodities no link: http://commodities.sistemafaep.org.br/

Título da Postagem: Informe – SOJA – 05/11/2015

imprensa@faep.com.br