Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 22/10/2015 - 10h03
Postado em Informes, Milho, Soja

22/10/2015 10h03 - Postado em Informes, Milho, Soja

Informe – MILHO E SOJA – 22/10/2015

Acompanhe a análise econômica da FAEP sobre a movimentações das commodities

Por: Tânia Moreira |Economista do Departamento Téc. e Econômico da FAEP.

SOJA abre o dia positivamente com exportações americanas

O futuro de maio-2016 abriu esta quinta-feira do lado positivo, cotado a ↑US$ 20,26 por saca, com o câmbio em alta de ↑0,19% cotado em ↑R$ 3,9493.

Os futuros fecharam a quarta-feira com ganhos, sutentados pelas informações do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) sobre exportações privadas. Desde segunda-feira, e também na semana passada o USDA tem relatado a venda de soja para a China por parte de exportadores privados. Ontem foram 40.000 toneladas, sendo 20.000 toneladas para a China e o resto para destinos não revelados.

O USDA divulga hoje pela manhã o relatório de exportações semanais e o mercado aguarda por bons números para a soja. As expectativas do mercado são de 1,2 a 1,8 milhão de toneladas, em relação as 1,4 milhões de toneladas da safra passada.

A condição climática no Brasil também segue em observação, com a idéia de que a seca na região norte e centro-oeste poderia atrasar e prejudicar o plantio de soja. O Instituto Mato Grossense de Economia Agropecuária (IMEA) informa que até 14/10 o percentual plantado é de 14,3% em relação aos 9,33% do ano passado, para o mesmo período. Segundo o IMEA, ainda não foram registradas expectativas elevadas de ressemeadura, o que acontecia no passado, apesar disso, há preocupação, já que as previsões climáticas até o fim do mês, são de chuvas acumuladas abaixo da média.

No Paraná, o percentual plantando é de 51%, até acima da média dos 48% para os últimos cinco anos, segundo informações da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento (SEAB). O preço médio recebido pelo produtor na data de ontem foi de R$ 71,13 por saca, segundo a SEAB.

Veja o fechamento de quarta-feira:

tab1

 

MILHO abre o dia positivo

O futuro de maio-2016 abria amanhã cotado a ↑US$ 9,37 por saca, ganhando ↑0,10%. Na data de ontem os futuros fecharam positivamente, baseados na resistência de venda por parte dos produtores americanos, conforme informou sites americanos. O preço caiu 51% desde o ponto mais alto em 2012, e os produtores optam por armazenar o produto, frente uma fraca demanda de exportação.

No mercado interno paranaense, o preço médio recebido pelo produtor foi cotado a R$ 24,18 por saca, segundo a SEAB, com 82% do milho verão já plantado.

tab2

 

Acesse as análises diárias da commodities no link: http://commodities.sistemafaep.org.br/

Título da Postagem: Informe – MILHO E SOJA – 22/10/2015

imprensa@faep.com.br