Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 18/03/2013 - 12h00
Postado em Notícias

18/03/2013 12h00 - Postado em Notícias

Frango valorizado

O preço do quilo do frango pago ao produtor subiu 46% em um ano, de acordo com estudo do Departamento de Economia Rural (Deral) do Paraná que compara as médias de fevereiro de 2013 com as do mesmo mês de 2012. A cotação saltou de R$ 1,65 para R$ 2,41 por quilo, reporta o técnico […]

O preço do quilo do frango pago ao produtor subiu 46% em um ano, de acordo com estudo do Departamento de Economia Rural (Deral) do Paraná que compara as médias de fevereiro de 2013 com as do mesmo mês de 2012. A cotação saltou de R$ 1,65 para R$ 2,41 por quilo, reporta o técnico Roberto de Andrade Silva. Segundo ele, as altas atingem o atacado e o varejo em proporção menor, na casa dos 30%.

O aumento dos custos contribuiu para os reajustes, aponta. Ele considera que o preço do milho no atacado [R$ 25/sc de 60 kg] foi 8,63% maior que o de 2012 em fevereiro. No caso do farelo de soja, "o preço ficou 42,49% maior", passando de R$ 647 para R$ 923 a tonelada. Influenciam as cotações da carne também a relação entre oferta e demanda.

Neste ano, os custos estão em queda, apontou o especialista, com base em índices calculados pela Embrapa Suínos e Aves. "O ICPFrango e o ICPSuíno tiveram quedas de 3,02% e 5,61%, respectivamente, em janeiro na comparação com dezembro de 2012, fechando em 171,5 e 169,04 pontos." Ainda assim, em 12 meses, esses índices acumulam altas de 24,3% (frango) e 17,72% (suíno).

9% de redução no preço da carne de frango. Essa é a previsão do governo federal, após anúncio de isenção de impostos.

Gazeta do Povo

imprensa@faep.com.br