Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 06/01/2014 - 10h54
Postado em Avicultura

06/01/2014 10h54 - Postado em Avicultura

Frango pós-virada

Chuva nos últimos dias de 2013 aliviaram situação das lavouras e minimizaram o risco de quebra climática no Sul do país

frango_gO setor avícola começa 2014 numa situação confortável, principalmente se comparada à de 2012 – quando enfrentou excesso de oferta e salto nos custos de produção devido à valorização dos insumos soja e milho. Em 2013, a indústria de carne de frango ajustou a cadeia produtiva e equilibrou a oferta, o que ajudou a ampliar o faturamento com as exportações em 3,2% mesmo com redução de 1% no volume embarcado.

O quadro é positivo não só na visão das empresas avícolas, que avaliaram 2013 como um período de estabilidade. Estimativas do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (Usda) indicam potencial para crescimento de 2% na produção brasileira de carne de ave, que pode chegar a 13 milhões de toneladas. Eventos como a Copa do Mundo e as eleições devem puxar a demanda interna, avaliam os técnicos do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Os especialistas apontam que o principal desafio do setor deverá ser a logística, tanto para a produção quanto para o processamento.

Recuperação

R$ 2,20 por quilo foi o preço médio da carne de frango em 2013 no Paraná, conforme a Secretaria da Agricultura e do Abastecimento (Seab). O valor é superior à média registrada em 2012 (R$ 1,94/quilo) e indica a recuperação do setor após a crise.

Fonte: Gazeta do Povo

Título da Postagem: Frango pós-virada

imprensa@faep.com.br