Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 23/01/2013 - 12h00
Postado em Notícias

23/01/2013 12h00 - Postado em Notícias

Fôlego extra à laranja

Os produtores paulistas e mineiros de laranja receberam um fôlego extra para a atual safra. O Ministério da Agricultura, com a aprovação do Conselho Monetário Nacional (CMN), decidiu manter o preço mínimo da laranja da temporada 2012 no valor de R$ 10,10 a caixa de 40,8 kg até 28 de março de 2013. Em função […]

Os produtores paulistas e mineiros de laranja receberam um fôlego extra para a atual safra. O Ministério da Agricultura, com a aprovação do Conselho Monetário Nacional (CMN), decidiu manter o preço mínimo da laranja da temporada 2012 no valor de R$ 10,10 a caixa de 40,8 kg até 28 de março de 2013.

Em função de questões climáticas e logísticas, a produção da fruta foi estendida mais que o previsto. A medida permite ao governo dar continuidade aos leilões de subvenção dos preços para escoar a produção. O valor base será utilizado em operações de Financiamento para Garantia de Preços ao Produtor (FGPP), no âmbito da Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM), para estocagem do produto ou seus derivados, somente nos estados de São Paulo e Minas Gerais.

Embora integre a lista de estados prejudicados pela desvalorização da laranja, o Paraná não está autorizado a participar do leilão. A presença do estado no evento que ajuda na remuneração do produtor é uma revindicação antiga da Federação da Agricultura do Paraná (FAEP), Secretaria Estadual da Agricultura e do Abastecimento (Seab) e de diversas cooperativas.

Um ofício foi enviado a Brasília no ano passado solicitando a abertura, porém ainda sem o resultado esperado.

Reforço

R$ 50 milhões é o valor previsto pelos ministérios da Agricultura, Fazenda e Planejamento para aplicação na PGPM por meio de leilões de auxilio à comercialização da laranja no mercado interno.

Gazeta do Povo Online – Curitiba/PR

imprensa@faep.com.br