Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 30/06/2017 - 13h50
Postado em Destaques, Notícias, Suinocultura

30/06/2017 13h50 - Postado em Destaques, Notícias, Suinocultura

FAEP solicita prorrogação da IN 14 para suinocultura

Prazo para adequação às novas regras termina em julho. Produtores independentes precisam de mais tempo para se adaptarem

A Instrução Normativa n.º 14 (IN 14), publicada pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) em julho de 2016, estabeleceu critérios e procedimentos para a fabricação, comercialização e uso de produtos para alimentação animal com medicamentos de uso veterinário. A normativa abrange as fábricas de ração de suinocultores independentes. A IN 14 deu prazo de um ano, após a sua publicação em Diário Oficial, para as empresas se adequarem às novas regras.

A FAEP solicitou no fim de junho que o Mapa reavalie o prazo para que a IN 14 entre em vigor. Diante da crise enfrentada pela atividade em 2016, muitos produtores não conseguiram se adequar totalmente à normativa. Os recursos financeiros foram utilizados para custeio da atividade impossibilitando que investimentos em infraestrutura e adequações das fábricas fossem realizados. A FAEP entende que prorrogação desta data é fundamental para que os produtores rurais consigam se adequar totalmente à normativa.

Rebanho

O Paraná possui o maior rebanho de suínos do país – 7,1 milhões de cabeças – 17,7% do plantel nacional. A atividade produziu um Valor Bruto de Produção Agropecuária (VBP) de R$ 3,2 bilhões em 2015, contribuindo com a economia estadual, gerando empregos diretos e indiretos, além de diversificar a renda nas propriedades rurais em diferentes regiões do Estado.

Título da Postagem: FAEP solicita prorrogação da IN 14 para suinocultura

imprensa@faep.com.br