Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 06/11/2017 - 10h39
Postado em Agronegócios, Destaques

06/11/2017 10h39 - Postado em Agronegócios, Destaques

FAEP reivindica os R$ 550 milhões prometidos para o Seguro Rural

Valor anunciado no PAP 2017/18 acabou reduzido para R$ 410 milhões, o que prejudica os produtores rurais

Na última quarta-feira (1º), a FAEP encaminhou documento aos Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP) e Frente Parlamentar da Agropecuária (FPR) solicitando apoio para reverter a decisão do governo federal de reduzir os recursos para o Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR). No dia 31 de outubro, o Ministério do Planejamento apresentou proposta de orçamento da União destinando R$ 410 milhões, valor abaixo dos R$ 550 milhões anunciados no lançamento do Plano Agrícola e Pecuário (PAP) 2017/18, em 7 de junho de 2017, no Palácio do Planalto, em Brasília.

“Entre 2006 e 2015, as companhias seguradoras pagaram mais de R$ 3,7 bilhões em indenizações aos produtores rurais de todas as regiões, demonstrando mais uma vez que é melhor investir na prevenção com o seguro rural do que nas consequências do endividamento, que tem um custo maior ao Tesouro Nacional e toda a sociedade”, alerta Ágide Meneguette, presidente da FAEP.

O valor restante questionado pela FAEP, R$ 140 milhões, é considerado fundamental para o setor. As possibilidades de catástrofes climáticas e as características inerentes da atividade encarecem a contratação do seguro rural. Ou seja, muitas vezes, o produtor não consegue contratar o serviço sozinho, e depende da atuação do governo.

O documento também foi encaminhado aos parlamentares da bancada paranaense e ao deputado Evandro Roman (PSD-PR), relator das propostas orçamentárias na área de Agricultura, Pesca e Desenvolvimento Agrário.

Título da Postagem: FAEP reivindica os R$ 550 milhões prometidos para o Seguro Rural

imprensa@faep.com.br