Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 17/07/2015 - 16h49
Postado em Ágide Meneguette, Faep

17/07/2015 16h49 - Postado em Ágide Meneguette, Faep

FAEP pede retomada de estudos do Zoneamento Agrícola de Risco Climático

No Paraná zoneamento atual não contempla plantio do milho safrinha, de arroz irrigado e de diversas outras culturas

A FAEP encaminhou, no último dia 15 de julho, um ofício ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), solicitando a retomada de estudos do Zoneamento Agrícola de Risco Climático (ZARC). Trata-se de um instrumento importante para o desenvolvimento da agricultura paranaense, uma vez que nos últimos quatro anos o total de cultivares contempladas com zoneamento no Brasil ficou em somente 44 culturas.

No Paraná, por exemplo, mesmo com o milho safrinha apresentando elevada produtividade numa faixa que abrange 20 municípios nas regiões Oeste e Noroeste, esta cultura não é contemplada no Zarc. Da mesma forma não figuram no zoneamento agrícola algumas espécies frutíferas e o arroz irrigado.

Segundo o presidente da FAEP, Ágide Menegutte, que assina o documento, é preciso adequar o ZARC à nova realidade tecnológica, que trouxe cultivares mais adequadas para plantios em épocas que atendam as particularidades de solo e clima em áreas delimitadas dentro dos municípios. Os ciclos dessas novas cultivares permitem excelentes resultados de produção em épocas diversas das atualmente recomendadas pelo zoneamento.

Esta não e a primeira vez que a FAEP pede atenção para este caso. Em 24 de abril, outro ofício alertava o MAPA para a necessidade de realização de estudos de zoneamento no Estado. Porém, não houve movimentação do ministério neste sentido.

Clique aqui para acessar na íntegra as PROPOSTAS DA FAEP AO ZONEAMENTO AGRÍCOLA DE RISCO CLIMÁTICO

Título da Postagem: FAEP pede retomada de estudos do Zoneamento Agrícola de Risco Climático

imprensa@faep.com.br