Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 29/05/2013 - 12h00
Postado em Notícias

29/05/2013 12h00 - Postado em Notícias

FAEP pede recursos para a cafeicultura

O alto custo de produção e ao baixo preço recebido pelos produtores reduziram a atividade cafeeira no Paraná em pelo menos 50% na última década.. A área prevista para 2013 é de apenas 67 mil ha constituída por plantios em formação e colheita, com produção estimada em 1,7 milhão de sacas de 60 kg. A […]

O alto custo de produção e ao baixo preço recebido pelos produtores reduziram a atividade cafeeira no Paraná em pelo menos 50% na última década.. A área prevista para 2013 é de apenas 67 mil ha constituída por plantios em formação e colheita, com produção estimada em 1,7 milhão de sacas de 60 kg.

A lentidão na comercialização e os preços não cobrem os custos de produção. Estimados em R$408,94/sc. Em sentido oposto o preço vem reduzindo desde julho de 2012, de R$ 369,48 para atuais R$ 270,00, inferior ao custo e também ao preço mínimo de R$ 307,00 estabelecido pela Portaria 308 de 17/05/2013 do Ministério da Agricultura.

Nesse quadro danoso aos produtores de café do estado, o presidente da FAEP, Ágide Meneguette encaminhou aos ministros da Agricultura, Fazenda, Planejamento e à chefe da Casa Civil, em caráter emergencial, o atendimento das seguintes medidas para reduzir os prejuízos dos cafeicultores paranaenses:

1.    Recursos na ordem de R$ 300 milhões para a linha de estocagem do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira – Funcafé.

2.    Prêmio de Equalizador Pago ao Produtor (Pepro) para 250.000 sacas de café.

3.    Prêmio para Escoamento de Produto (PEP) de 170.000 sacas.

4.    Aquisições do Governo Federal (AGF) para 50.000 sacas de café.

Fonte: DTE/FAEP

imprensa@faep.com.br