Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 27/11/2012 - 12h00
Postado em Notícias

27/11/2012 12h00 - Postado em Notícias

FAEP pede inclusão de caminhões no PSI Rural do BNDES

O Programa de Sustentação do Investimento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES PSI, no âmbito da linha PSI Rural, favoreceu muitos produtores rurais permitindo financiamentos com taxas de juros acessíveis. A redução da taxa de juros para 2,5% ao ano, somente até dezembro de 2012, permitirá novos investimentos em máquinas e […]

O Programa de Sustentação do Investimento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES PSI, no âmbito da linha PSI Rural, favoreceu muitos produtores rurais permitindo financiamentos com taxas de juros acessíveis. A redução da taxa de juros para 2,5% ao ano, somente até dezembro de 2012, permitirá novos investimentos em máquinas e equipamentos agrícolas, contudo alguns itens necessários não podem ser financiados pela linha rural como é caso dos caminhões, embora alguns modelos de carretas já sejam financiados por essa linha.

Os caminhões utilizados no campo são importantes itens de trabalho utilizados para transportar dentro da propriedade insumos como rações e adubos, para levar o produto às cooperativas e pontos de venda como no caso da hortifruticultura, grãos e pecuária.

De acordo com Nota da área de planejamento do BNDES, no programa Procaminhoneiro o produtor rural também não consegue financiamento por não pertencer ao segmento de transporte rodoviário de carga. É permitido o financiamento para aquisição de caminhões para sociedades com sede e administração no Brasil, empresários individuais, empresas individuais de responsabilidade limitada, associações e fundações e pessoas jurídicas de Direito Público. Isso significa que os produtores rurais, em sua maioria pessoa física, estão desamparados para adquirir caminhões com essa linha.

Além disso, a demanda pelo PSI, com taxa de juros de 2,5% ao ano, tem extrapolado a capacidade de atendimento dos agentes financeiros e dos fornecedores, com entregas de equipamentos previstas para abril de 2013 e filas de espera nos bancos e fabricantes.

Diante disso, o presidente da FAEP, Ágide Meneguette encaminhou ofício aos ministros da Agricultura, Fazenda,, Planejamento e Casa Civil, além do diretor do Banco do Brasil, Osmar Dias, solicitando a edição de Resolução pelo Conselho Monetário Nacional ou em Portaria do Ministério da Fazenda que autorize o BNDES a operacionalizar os seguintes procedimentos:

§  Incluir nas normas do BNDES PSI Rural como item financiável a aquisição de caminhões aos produtores rurais pessoa física.

§  Prorrogar a vigência da taxa de juros de 2,5% ao ano para até a data de 30 de junho de 2013 no programa PSI Rural.

imprensa@faep.com.br