Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 03/09/2014 - 10h56
Postado em Faep, Trigo

03/09/2014 10h56 - Postado em Faep, Trigo

Faep pede apoio à comercialização do trigo

Documento encaminhado aos ministros da Agricultura, Desenvolvimento Agrário, Casa Civil, Planejamento e Fazenda pede medidas urgentes para apoiar a comercialização do cereal

trigo colheita_070Mais da metade da produção nacional de trigo, equivalente a 3,9 milhões de toneladas estão sendo colhidas nos campos do Paraná. Apesar das excelentes estimativas de produtividade, os produtores seguem preocupados com a comercialização da safra.

De janeiro a junho foram importadas 3,47 milhões de toneladas do cereal. Desde a equivocada isenção da Tarifa Externa Comum (TEC) para o produto importado de países não integrantes do Mercosul, em junho, o preço médio recebido pelo produtor no Paraná teve redução de 23% até agosto, conforme dados da SEAB-PR.

O preço médio atual é de R$ 31,76 por saca e já está abaixo do preço mínimo estabelecido pelo governo federal de R$ 33,45 por saca. Em algumas regiões o preço negociado chegou a R$29,00.

É importante destacar que além desse preço aviltante, registra-se que a falta de compradores é o principal problema nas regiões produtoras com a colheita mais avançada no Estado, em razão da formação de estoques dos moinhos brasileiros, com trigo importado da Argentina, Uruguai e Paraguai, mas também em função da entrada de trigo dos EUA e Canadá isento de TEC pelo governo federal.

Logo, os produtores plantaram a safra com elevados custos de produção, que subiram em média 10% de acordo com os dados da Conab, e no momento da comercialização da safra paranaense os preços estão desvalorizados, sem perspectiva de recuperação ou sem compradores para o produto.

Esse cenário está descrito em oficio encaminhado no último dia 2 pelo presidente da FAEP, Ágide Meneguette, aos ministros da Agricultura e Abastecimentos e suas secretaria, ao Ministério de Desenvolvimento Agrário, Casa Civil, ao Ministério do Planejamento e Fazenda.

No documento, Ágide solicita o “apoio à comercialização de 1,5 a 2 milhões de toneladas no Estado por meio de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor (PEPRO) e Aquisições do Governo Federal (AGF). O imediato apoio à comercialização do produto indicará o apoio ao produtor nesse momento, assegurando-lhe alguma sustentação do preço para os próximos meses”.

Título da Postagem: Faep pede apoio à comercialização do trigo

imprensa@faep.com.br