Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 03/07/2017 - 13h08
Postado em Destaques, Grãos, Milho

03/07/2017 13h08 - Postado em Destaques, Grãos, Milho

FAEP alerta para preços baixos pagos pela saca do milho

Com a colheita e maior oferta de milho safrinha, o preço pago ao produtor pode sofrer novas reduções

O preço médio recebido pelo produtor de milho no Paraná reduziu nas últimas semanas e atingiu o patamar de R$ 18,76 a saca de 60 quilos em 26 de junho, segundo levantamento da Secretaria Estadual da Agricultura e do Abastecimento (Seab). Com a colheita e maior oferta de milho safrinha, o preço pago ao produtor pode sofrer novas reduções. Vale destacar que a barreira do preço mínimo para a Região Sul é de R$ 19,21.

Preocupada com esta situação, a FAEP encaminhou ofício ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) no fim de junho solicitando que, em caso de os preços apresentarem piora, o governo avalie a utilização dos instrumentos de Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM) aos produtores paranaenses.

A colheita do milho de segunda safra, estimada em 13,8 milhões de toneladas no Paraná, atingiu apenas 2% da área plantada. No mesmo período do ano passado, 10% da área já estavam colhidas e na média dos últimos quatro anos a colheita era de 5%. O atraso é fruto tanto do plantio tardio em algumas regiões produtoras (Oeste) como também da umidade muito elevada para colheita. Logo, a tendência é de redução nos preços com a entrada da safra recorde nas próximas semanas.

Em um ofício enviado ao Mapa em 24 de abril de 2017, a FAEP já havia alertando sobre a possibilidade do valor médio de milho ficar abaixo do preço da PGPM no Paraná e solicitado a reserva de R$ 100 milhões para a utilização dos instrumentos de apoio à comercialização.

Tags:, , ,

Título da Postagem: FAEP alerta para preços baixos pagos pela saca do milho

imprensa@faep.com.br