Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 05/07/2013 - 12h00
Postado em Notícias

05/07/2013 12h00 - Postado em Notícias

Excesso de chuva prejudica lavouras de milho e trigo do Paraná

Após o período de chuvas, os agricultores começam a avaliar as perdas

As poças de água dão a dimensão da chuvarada que causa preocupação aos agricultores. O produtor Cláudio Perucci plantou 1,3 mil hectares de milho em Cambé, mas por causa da chuva, parte da plantação já perdeu qualidade. "Creio que perdemos de 5% a 10%. Já começou a germinar a ponta da espiga", diz.

A situação pior é a do trigo. Por causa do excesso de água, a lavoura da cultura foi atacada pela bacteriose, doença que seca o caule e mata a espiga. Noventa por cento da plantação está perdida. "Somando assim, o prejuízo é de cerca de R$ 150 mil", calcula Perucci.

A situação do agricultor ainda é isolada. De acordo com a Secretaria de Agricultura do Paraná, até agora, 85% das lavouras de trigo foram semeadas em todo o estado e apenas 17 % estão em condição média ou ruim de desenvolvimento.

Ao contrário do trigo, que passa pela fase de desenvolvimento e ainda não foi plantado em algumas áreas, o milho está no ponto de colheita e 4% da safrinha já saiu do campo para os armazéns.

Globo Rural

imprensa@faep.com.br