Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 06/10/2020 - 15h02
Postado em Destaques, Notícias, SENAR-PR

06/10/2020 15h02 - Postado em Destaques, Notícias, SENAR-PR

Evento sobre abelhas sem ferrão debate geração de renda pelo setor

Seminário Paranaense de Meliponicultura reúne representantes dos elos da cadeia produtiva para debater desafios do negócio. Evento será online e gratuito

O tradicional Seminário Paranaense de Meliponicultura, já consoliddado no calendário de eventos agropecuários do Estado, terá sua 14ª edição realizada de forma totalmente online e gratuita, em 2020. Dos dias 23 a 27 de novembro, palestras, oficinas e a apresentação de trabalhos vão ocorrer por meio de uma plataforma virtual. Chefes de cozinha, agrônomos, produtores e pesquisadores de áreas relacionadas vão se debruçar sobre o tema proposto para este ano: “Abelhas-sem-ferrão: Desafios e Oportunidades”.

O congresso é voltado a produtores, comerciantes, profissionais e pesquisadores da área e alunos de graduação e pós-graduação. O objetivo principal, segundo os organizadores, é compartilhar o conhecimento de diversos atores envolvidos na criação de abelhas-sem-ferrão e estimular a geração de renda.

Palestrantes

Já estão confirmados 19 palestrantes com reconhecimento nacional, em suas respectivas áreas, pela relação com a meliponicultura. Entre os destaques está o chef Rodrigo Oliveira, reconhecido por diversas premiações e responsável pela cozinha dos restaurantes Mocotó e Balaio IMS, em São Paulo. Integram a programação, também, Cláudia Diana de Oliveira, coordenadora do curso de Gastronomia no Centro Universitário Filadélfia, em Londrina; e Marcos Aparecido Gonçalves, coordenador da Câmara Técnica de Meliponicultura do Ministério da Agricultura. A programação completa está no site do evento.

Concurso de qualidade

Além da novidade de ser realizado de forma on-line, este ano acontece também o 1º Concurso Paranaense de Qualidade em Méis de Abelhas-Sem-Ferrão. A iniciativa pretende dar visibilidade aos méis de meliponídeos e destacar os que têm melhor qualidade. São analisados parâmetros que envolvem as características microbiológicas, físicas, químicas e sensoriais. Os detalhes para os produtores interessados em participar da escolha do melhor mel serão divulgados em breve.

SERVIÇO

XIV Seminário Paranaense de Meliponicultura
Data: 23 a 27 de novembro de 2020
Valor da inscrição: gratuita
Mais informações: congresse.me/eventos/xivspm

SENAR-PR oferece cursos em meliponicultura

A meliponicultura é a criação de meliponídeos, popularmente conhecidas como abelhas sem ferrão, nativas ou indígenas. Elas vêm chamando a atenção dos produtores e ano a ano ganhado espaço nas propriedades rurais. A atividade apresenta vantagens como o fato de poder ser praticada em pequenos espaços e pelo preço atrativo desse tipo de mel. Enquanto o mel convencional de abelhas com ferrão custo por volta de R$ 30 o quilo, o mel da sem ferrão pode alcançar preços de até R$ 120 o quilo.

Desde 2004, o SENAR-PR incentiva a atividade, com a oferta de cursos na área. Para conferir a lista completa de formações, clique aqui.

Título da Postagem: Evento sobre abelhas sem ferrão debate geração de renda pelo setor

imprensa@faep.com.br