Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 03/02/2014 - 10h03
Postado em Agronegócios, Eventos, Notícias, Tecnologia

03/02/2014 10h03 - Postado em Agronegócios, Eventos, Notícias, Tecnologia

Estado mostra no Show Rural tecnologia, oportunidades no campo e crédito

Durante a semana, estarão no Show Rural com estandes próprias o Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), o Instituto Emater, a Copel, a Sanepar e o Banco Regional de Desenvolvimento Econômico e Social (BRDE) – que reserva R$ 200 milhões para operações de crédito durante o evento.

chuva-no-campo

O Governo do Paraná terá forte presença do Show Rural, um dos mais importantes eventos do agronegócio da América Latina, promovido pela Coopavel Cooperativa Agroindustrial, em Cascavel. O governador Beto Richa participa da abertura oficial do evento, que acontece às 10 horas desta segunda-feira (3). O secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, também irá.

Durante a semana, estarão no Show Rural com estandes próprias o Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), o Instituto Emater, a Copel, a Sanepar e o Banco Regional de Desenvolvimento Econômico e Social (BRDE) – que reserva R$ 200 milhões para operações de crédito durante o evento.

Realizado todo ano, desde 1989, o Show Rural tem como principal objetivo a difusão de tecnologias voltadas ao aumento de produtividade de pequenas, médias e grandes propriedades rurais. Neste ano, serão 440 expositores. Na edição de 2013, o evento recebeu quase 203 mil visitantes.

CONSERVAÇÃO DE SOLOS – A principal atração do Iapar no Show Rural este ano é a área demonstrativa dos últimos avanços em tecnologias e estratégias para conservação do solo. A unidade é parte da campanha “Plante seu Futuro”, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Paraná, que promove ações educativas para alertar profissionais e produtores sobre a necessidade de adotar boas práticas agronômicas nas lavouras.

A diversificação de cultivos com plantas de cobertura é uma prática altamente recomendada pela pesquisa. No Show Rural deste ano figuram várias opções de plantas de cobertura, com espécies para uso em sistemas de integração lavoura-pecuária-floresta e alternativas para ocupar “janelas” entre os plantios comerciais.

Utilizando um simulador de chuvas, os pesquisadores do Iapar mostrarão na prática os benefícios do correto manejo do solo, como o plantio e realização de práticas culturais em nível, uso de terraços e adoção do plantio direto.

O uso do sistema de plantio direto conjugado com a utilização de plantas de cobertura em rotação de culturas favorece o aumento da biodiversidade, o que, por sua vez, aumenta a presença de inimigos naturais que diminuem o impacto de pragas e doenças nas lavouras comerciais. Uma equipe de pesquisadores permanecerá à disposição dos produtores para apresentar os últimos avanços no manejo de insetos e patógenos que prejudicam as lavouras.

OPORTUNIDADES NO CAMPO – Os extensionistas do Instituto Emater criaram um espaço dedicado a mostrar as oportunidades no campo, para estimular filhos de agricultores a continuarem o trabalho dos pais e, assim, evitar o êxodo rural.

O Instituto Emater tem uma área especialmente preparada para mostrar o trabalho que a extensão rural realiza junto ao produtor familiar. Nesta edição da feira agroindustrial, serão abordados principalmente oportunidades de produção, renda e biodiversidade, além de agroecologia, cultivo florestal, pecuária leiteira, e irrigação de pastagens.

Serão demonstradas práticas de manejo de solos e serviços ambientais que podem ser prestados por todas as propriedades rurais. Esse trabalho tem o objetivo de despertar a atenção do empreendedor rural para a compatibilização da boa produção com a preservação dos recursos naturais, como o solo, as florestas e a água.

Os extensionistas vão mostrar como os dejetos animais podem ser usados para gerar gás, que pode ser usado na propriedade, ou para adubar o solo. Outros temas são o uso adequado de agrotóxicos, a produção de hortaliças em ambiente protegido, a fruticultura, o planejamento forrageiro para alimentar o gado, a agroindústria, o artesanato e o turismo rural.

Outra atração à parte é o projeto paisagístico do parque de exposições, executado por uma equipe formada por profissionais da Coopavel e do Instituto Emater. Foram produzidas 350 mil mudas de flores que estão espalhadas por todo o parque.

Durante o Show Rural uma equipe de técnicos do Instituto Emater estará nos estandes para prestar esclarecimentos aos visitantes. Além disso, os extensionistas estarão acompanhando excursões de produtores vindas de todo o estado.

ENERGIA – A Copel montou no Show Rural Coopavel um estande de 100 metros quadrados para receber consumidores de energia de todas as idades. Guiados por um ator, os visitantes percorrerão o Caminho da Segurança, onde recebem dicas de como evitar acidentes com a energia elétrica, além de conhecer o caminho da energia desde a geração até os pontos finais de consumo.

A importância de utilizar a eletricidade sem desperdício também é um grande destaque do estande. Dois técnicos da Copel prestam ainda esclarecimentos sobre os principais programas sociais que estimulam o uso da energia elétrica como insumo para o aumento da produtividade e geração de renda no campo. Nesses programas, o custo da eletricidade pode ser até 70% menor para o consumo durante a madrugada.

SANEPAR – Uma das principais atrações do estande da Sanepar é o cinema em 3D, com apresentação de filmes de educação ambiental e, também, sobre a própria companhia. Haverá atrações musicais e entrega de material informativo.

R$ 200 MILHÕES – Mantendo a tradição, o BRDE terá estande próprio e equipe técnica atendendo demandas de produtores rurais e empresas. A novidade para 2014 é que a instituição pública de fomento irá protocolar pedidos de financiamento em seu estande, o que dá agilidade ao processo de análise de crédito, e irá reservar R$ 200 milhões para operações realizadas durante os dias de feira.

Durante o Show Rural, o banco irá trabalhar com as suas linhas de crédito especiais para atender projetos de investimento nos setores agrícola, pecuário e agroindustrial. As taxas de juros variam e começam em 1% ao ano, com prazos de pagamento que chegam a até 15 anos. Produtores, cooperativas, empresas e indústria com bases rurais podem ser atendidas em planos de modernização de lavoura ou criação animal e conservação de recursos naturais.

Também aqueles que querem investir em irrigação e armazenagem, outros que sonham com tratores, máquinas e implementos novos, e, ainda, os que projetam realizar em suas propriedades a chamada agricultura de baixo carbono, com a integração de lavoura, pecuária e floresta num sistema de manejo que traz menos impacto à natureza e garante a diversidade da produção e boa lucratividade.

Atraídos pelas novidades apresentadas no Show Rural, agricultores, pecuaristas e representantes de cooperativas e empresas ligadas ao agronegócio do Mato Grosso do Sul também serão atendidos pelo BRDE. Autorizado a trabalhar com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO), o banco tem disponíveis R$ 100 milhões para financiar a aquisição de máquinas e equipamentos para empreendedores daquele Estado.

Fonte: Portal TopGyn – 03/02/2014

Título da Postagem: Estado mostra no Show Rural tecnologia, oportunidades no campo e crédito

imprensa@faep.com.br