Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 23/07/2021 - 14h14
Postado em Destaques, Faep, Notícias, SENAR-PR

23/07/2021 14h14 - Postado em Destaques, Faep, Notícias, SENAR-PR

Dissertações de mestrado chancelam resultados do JAA e AAJ

Programas do Sistema FAEP/SENAR-PR contribuem para o desenvolvimento pessoal e profissional dos jovens paranaenses

Não é de hoje que o Sistema FAEP/ SENAR-PR trabalha o broto, para que ele cresça, se desenvolva e dê bons frutos. Por meio dos programas Jovem Agricultor Aprendiz (JAA) e Aprendizagem de Adolescentes e Jovens (AAJ), voltados às novas gerações do campo, a instituição atua pavimentando o caminho entre a escola e a profissão, contribuindo para a permanência dos jovens no meio rural, além de levar habilidades úteis nos âmbitos profissional e pessoal.

Essa impressão está comprovada por meio de trabalhos acadêmicos, que tiveram como objeto de estudo os programas AAJ e JAA. Recentemente, duas autoras se debruçaram sobre a contribuição e a influência destes programas no desenvolvimento dos jovens que participaram. Os resultados analisados têm pontos convergentes importantes, confirmando que as iniciativas estão obtendo êxito no propósito de estreitar os laços pessoais e profissionais dos jovens com o campo.

Na dissertação de mestrado defendida em abril deste ano, a técnica do Sistema FAEP/SENAR-PR Regiane Hornung entrevistou 326 ex-alunos que participaram do programa AAJ entre 2010 e 2019, com o objetivo de responder a seguinte pergunta: “Qual a contribuição do AAJ, no desenvolvimento humano, cultural e profissional dos jovens do meio rural?”

Um dos resultados observados na pesquisa foi o direcionamento de boa parte dos egressos para carreiras ligadas ao meio rural, afinal, 33,1% estavam em graduações como Agronomia, Engenharia Mecânica, Engenharia de Produção, Engenharia Agrícola, Medicina Veterinária, Engenharia de Energia, além de técnicos na área de gestão do agronegócio, produção de grãos e meio ambiente. “Aquilo que eles aprendem na segunda etapa do AAJ, no núcleo específico, acaba ajudando a dar o direcionamento para o ensino superior”, observa a pesquisadora. Apenas 2,9% dos entrevistados pararam de estudar.

Esse direcionamento na carreira é reconhecido pelos próprios entrevistados. Mais de 58% dos jovens sem vínculo com o meio rural e 70% com vínculo disseram que houve contribuição do programa para a escolha da profissão e do curso superior. Da mesma forma, 63% e 70% deles, respectivamente, se consideraram mais preparados para o mercado de trabalho após o AAJ.

Um ponto convergente que esta e outras pesquisas identificaram foi a contribuição dos programas do Sistema FAEP/SENAR-PR em relação às habilidades pessoais como trabalho em equipe, liderança e comunicação. A pesquisa de Regiane questionou o quanto o AAJ contribuiu para o desenvolvimento destas habilidades. Dentre aqueles que afirmaram não possuir vínculo com o meio rural, 92,5% responderam que o programa contribuiu ou muito contribuiu com aptidões como “falar em público”, “comunicar-se melhor”, “trabalhar em equipe”, “liderar equipes” e no “relacionamento interpessoal”. Dentre aqueles que afirmaram possuir vínculo com o meio rural, 89,3% também atestaram a contribuição do AAJ no desenvolvimento destas habilidades. Além disso, mais de 70% disseram que o programa contribuiu no momento de conseguir uma ocupação profissional.

JAA

Também vão ao encontro destes resultados, aqueles encontrados em outro trabalho acadêmico, a dissertação de mestrado da agrônoma e instrutora do SENAR-PR, Lidiane Braga, também apresentou resultados similares. A pesquisa com o tema “A influência do programa Jovem Agricultor Aprendiz (JAA) no desenvolvimento humano e profissional de jovens”, apresentada à banca avaliadora da Universidade Estadual do Norte do Paraná (Unep) em julho de 2019, contou com 565 entrevistas com ex-alunos do JAA, entre 2013 e 2017.

A autora analisou a percepção destes jovens em relação ao desenvolvimento das habilidades interpessoais, como comunicação e trabalho em equipe. 72% consideraram ótimos os conteúdos relacionados ao trabalho em equipe e 84% bom e ótimo o conteúdo referente à liderança. “Os conteúdos sobre gestão de pessoas, cidadania, ética, valores humanos e empreendedorismo foram os mais citados”, afirma a autora. Em relação à escolha profissional, 63% dos entrevistados reconheceram que o programa ajudou na decisão, e outros 52% disseram empregar os conteúdos aprendidos no JAA na profissão.

Outra conclusão refere-se ao poder do programa em despertar nos participantes o sentimento de vínculo com a terra, mesmo entre os jovens do meio urbano. De acordo com seu estudo, 68% dos entrevistados afirmavam ter vínculo com a terra no início do programa e, ao final, já eram 92%. Ainda, outro dado apontou que os jovens que participaram do JAA têm mais interesse por carreiras profissionais ligadas ao agronegócio, como Agronomia e Técnico em Agropecuária.

Pesquisa de egressos

No segundo semestre de 2019, o Sistema FAEP/SENAR-PR aplicou uma pesquisa junto a ex-alunos do JAA, que participaram do programa entre 2005 e 2018. Esse trabalho buscou avaliar a impressão deste público em relação às competências adquiridas ao longo do programa e o impacto na vida deles após participar da iniciativa. Foram realizadas 195 entrevistas presenciais com ex-alunos principalmente nas regiões Oeste e Sudoeste do Estado.

Também foi aplicada uma pesquisa, de forma remota, com egressos que participaram do JAA entre 2005 e 2017, com 724 respostas. “Mesmo alunos que participaram do JAA em 2005 responderam à pesquisa, o que mostra que o vínculo com o SENAR-PR é forte”, observa Regiane.

Em relação às habilidades pessoais e ao desenvolvimento interpessoal e intrapessoal desenvolvidas no JAA, a grande maioria dos entrevistados notou um incremento após o curso: 77% observaram uma contribuição do programa em “falar em público”; 89% em “trabalho de equipe”; 68% disseram que o programa contribuiu na habilidade de “liderar equipes”; e 80% viram ganhos nos relacionamentos interpessoais após o JAA.

Título da Postagem: Dissertações de mestrado chancelam resultados do JAA e AAJ

imprensa@faep.com.br